sábado, 17 de março de 2012

Asa Branca, Kiko Pompéia e Bob Machado são os contratados para comandar os rodeios da FAIVE 2012

Comissão da Faive com o locutor Asa Branca
Da Redação
O primeiro final de semana da XXXVI Feira Agropecuária e Industrial de Presidente Venceslau (FAIVE 2012) será marcado pelas provas de rodeios em touros e cavalos. E para comandar o show dentro da arena a comissão executiva contratou três grandes ‘feras’ do mundo do rodeio: Kiko Pompéia (que fez os trabalhos em 2011), a prata da casa Bob Machado e o renomado Asa Branca, que terá participação especial. Os rodeios acontecem na sexta-feira (24/8), sábado (25/8) e domingo (26/8). 

No sábado (25/8), haverá também show com Anjos de Resgate, com o lucro revertido às entidades assistenciais do município.
Área coberta

Um grande diferencial da FAIVE em 2012 será a cobertura de toda parte destinada ao público da arena de show, sendo o palco, camarotes, área vip com boate e arquibancadas.

“São novidades que estamos buscando, visando oferecer o todo conforto ao nosso público visitante”, comenta o presidente Roberto Rodrigues.

A carreira de Asa Branca - Waldemar Rui, nascido no dia 19 de abril de 1962, católico, hobby: cavalgar, voar e jogar truco, este é o Asa Branca o mais polêmico locutor de rodeio. 

Quem vê o sucesso do locutor na mídia, muitas vezes não conhece a história do garoto humilde que começou a carreira nas arenas montando em touros bravos. A carreira de peão foi interrompida após um acidente, quando o chifre de um boi chegou a perfurar o pulmão. "Enquanto eu me recuperava, passei a ouvir as fitas de narração do Zé do Prado e do Barra Mansa e me interessei pela locução. Uma vez ou outra, brincava com amigos", conta.

Depois de recuperado, Asa Branca voltou às arenas. Em um rodeio em Buritama chegou a montar mas, segundo ele, foi derrubado muito rápido devido ao trauma do acidente. Já no fim da festa, foi informado que um locutor havia ficado doente. Como os colegas já conheciam as brincadeiras de Asa Branca, seu nome logo foi lembrado e assim se deu sua estréia na narração.
A performance foi tão boa que surgiu o convite para mais um rodeio, desta vez em José Bonifácio.

Empolgado com a nova atividade, o locutor resolveu ir para os Estados Unidos em busca de especialização. Trabalhando como limpador de cocheiras, Asa Branca comprou um microfone sem fio (tecnologia que ainda nem existia no Brasil) e voltou ao País, introduzindo uma novidade: a locução dentro da arena, na Festa de Peão de Barretos, em 1986.

O jeito peculiar de Asa Branca, as entrevistas com os peões na própria arena, mesclando com músicas country de CDs comprados nos Estados Unidos, introduziram uma nova marca no modo de narrar e alavancaram o sucesso do locutor que, a partir de então, passou a ser chamado para as principais festas do País.

"Assim como toda a profissão, no mundo da narração também tive que defender minha tese. Quando vi que as pessoas estavam me imitando, não me senti ofendido, pelo contrário, percebi que havia feito escola e meu objetivo tinha dado certo". Leia mais na edição impressa do Integração Regional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br