segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Idosa é atacada por enxame de abelhas em Venceslau

Um enxame de abelhas da espécie Europa atacou uma idosa de 79 anos em Presidente Venceslau na tarde deste sábado (17). Adelina Beira Navarro estava sozinha em sua casa localizada no Parque São Francisco quando as abelhas iniciaram o ataque por volta das 17 horas. Ela foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e estava inconsciente. “Quando chegamos na casa a vitima estava caída na varanda. Tivemos que pular o portão que estava trancado, e os profissionais utilizando os equipamentos de EPI para esse tipo de ocorrência, retiraram as abelhas que atacavam a idosa e encaminhamos ela para o Pronto Socorro. Ela estava inconsciente”,disse o sargento Takaki.

Colmeia estava em assoalho da casa
(Fotos cedidas pelo Corpo de Bombeiros)

Adelina recebeu o atendimento na Santa Casa de Presidente Venceslau e já está consciente, apesar de ter levado centenas de picadas. De acordo com o hospital ela não corre riscos. Para se ter ideia da quantidade de abelhas que atacaram a idosa, quando ela chegou na Santa Casa ainda haviam 50 abelhas por dentre a roupa da vitima. Dois cachorros foram atacados e um deles morreu.Segundo relatos de testemunhas, aves também foram atacadas e morreram.

Após prestar o atendimento a vitima, os bombeiros isolaram toda a região afetada e os vizinhos fecharam portas e janelas para evitar novos ataques. “Detectamos que as abelhas estavam em um assoalho da casa, e iniciamos o extermínio com o uso de fogo, e seguindo as técnicas que temos para esse tipo de ocorrência”, falou Takaki.

Para garantir a segurança dos moradores da região atingida, os bombeiros permaneceram no local por mais de duas horas. “Retiramos a colmeia e exterminamos as abelhas do local”, afirmou o sargento.

Um enxame é composto por cerca de 60 a 80 mil abelhas, e estima-se que essa tenha sido a quantidade que provocou ataque. “Recebemos rapidamente o pedido de socorro, e esse atendimento evitou uma tragédia”, destacou Takaki. 

De acordo com informações de moradores da região, ela tinha uma colmeia de abelhas na residência, e um apicultor tirava o mel esporadicamente. Já o filho de Adelina, Dado Navarro, disse que as abelhas se alojaram em um porão de uma casinha abandonada no fundo do quintal. "Já havíamos solicitado ajuda dos bombeiros para tirar as abelhas de lá", disse Dado.  (Fonte: Portal Bueno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br