segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Vai trocar o presente? Conheça seus direitos!

É preciso apresentar nota fiscal no momento da troca 
do presente (FOTO: DIVULGAÇÃO)
Se você torceu o nariz ao receber seu presente na noite de Natal, saiba que a troca não é obrigatória em casos de “insatisfação”. Ou seja, você terá que contar com a boa vontade do lojista para conseguir efetivar a substituição.

No “fio de bigode”, muitos lojistas combinam um prazo informal de substituição. Nesse caso, é sempre importante guardar a nota fiscal e manter o produto intacto, principalmente a etiqueta do produto e da loja.

O Código de Defesa do Consumidor é garante a troca em casos de vícios de qualidade ou caso o item não funcione adequadamente ou de acordo com a oferta ou a publicidade feitas.

“O comprador poderá solicitar que haja o conserto da mercadoria em até 30 dias. Caso não seja realizado, poderá ser exigida a troca, a devolução do dinheiro ou abatimento proporcional”, explica a advogada Roberta Densa, autora do livro “Direito do Consumidor”, por meio da assessoria de imprensa.

Internet
Caso a aquisição tenha sido feita pela internet, o consumidor tem até sete dias para desistir. A desistência deve ser formalizada por escrito, e, se já houver recebido o produto, devolvê-lo. 

Vale lembrar que qualquer produto adquirido no mercado informal, sem emissão de nota fiscal, não resguarda os direitos do consumidor.  (Da Redação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br