sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Estrela do Norte - Posse de suplente é marcada após cassação de mandato de vereador

Está marcado para às 20h desta sexta-feira (16), na Câmara Municipal de Estrela do Norte, a sessão de posse de Givanildo Florentino Pereira (PSDB), suplente do ex-vereador Valterlene Rodela. Após ser empossado, conforme o presidente da Casa de Leis, Mário Martins de Oliveira (SD), o político já iniciará os trabalhos no Executivo por meio da sessão ordinária, que ocorre em seguida.

Rodela teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo (TRE) por infidelidade partidária. Ele foi eleito em 2012, pelo PSDB, mas deixou a legenda e migrou para o PTB. A defesa do ex-vereador, de que houve grave discriminação pessoal contra o político, caracterizada por ameaças do presidente do PSDB para expulsá-lo do partido, não convenceu o TRE.

Os magistrados entenderam que a prova apresentada de um suposto documento de expulsão de Valterlene Rodela do partido não é válida, uma vez que foi comprovado, por laudo da Polícia Federal, que a assinatura do presidente do PSDB foi falsificada, segundo o TRE.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, a sessão de posse deve ocorrer de forma “tranquila”. “Ela será breve, pois na sequência iniciaremos a sessão ordinária. O caso não causou tumulto, pois a perda da cadeira foi uma decisão do TRE e não do plenário. Agora, daremos continuidade aos trabalhos para o município”, afirmou Oliveira ao G1.

O suplente à cadeira também é candidato nas eleições municipais de outubro e concorre, novamente, ao cargo de vereador.

Outro lado
A reportagem tentou contato com o advogado Sidney Duran Gonzalez, que atua na defesa de Valterlene Rodela, mas, não obteve sucesso.  
G1

Promoção Cooperação Premiada Sicredi


Em crise, Santa Casa dispensa médicos especialistas

Médicos especialistas foram dispensados da 
Santa Casa de Santo Anastácio (Foto: Cedida)
A Santa Casa de Santo Anastácio dispensou nesta quarta-feira (14) os médicos especialistas em otorrinolaringologia, cirurgia vascular e ortopedia. Os profissionais das áreas de ginecologia, obstetrícia, pediatria, anestesia e clínica cirúrgica ainda atenderão na unidade até o dia 30 de setembro, devido a procedimentos que já estavam agendados, mas, após esse período, deixarão de prestar serviços na Santa Casa. A classe médica do hospital está em greve desde o dia 12 de setembro, reivindicando o pagamento dos salários de julho e agosto, que estão atrasados. Antes de aderir ao movimento, os profissionais realizaram uma paralisação de três horas no dia 5 de setembro.

Segundo o médico plantonista Leonardo Mazzaro da Silva, a dispensa dos especialistas foi realizada para não prejudicar ainda mais os profissionais e a unidade de saúde. “Sabemos que o hospital está em crise e sem condições de realizar nossos pagamentos que já estão atrasados. Para não gerar ainda mais gastos para a unidade e um maior prejuízo salarial aos profissionais, foi realizada a dispensa”, explicou Silva.

O médico também afirmou que a partir de outubro a Santa Casa não oferecerá mais atendimentos com especialistas e terá apenas os serviços no Pronto-socorro.

Conforme Silva, a greve dos médicos continua na unidade por tempo indeterminado e apenas pacientes em situação de emergência são atendidos. “Só retomaremos os atendimentos após recebermos os valores referentes aos meses de julho e agosto. Fomos informados pela administração de que na próxima semana a Santa Casa deverá receber recursos da Prefeitura local e também dos municípios de Piquerobi e Ribeirão dos Índios, que são atendidos pela unidade. Esses valores devem ser destinados para quitar uma parte dos vencimentos apenas aos plantonistas”, explicou.

O médico ainda esclareceu que o repasse de verbas da Prefeitura de Santo Anastácio para a Santa Casa está atrasado há dois meses e que isso é um dos principais motivos para o atraso nos salários."Além da nossa categoria, sabemos que existem fornecedores de medicação que também não estão recebendo. A situação é preocupante", alegou Silva. Ainda conforme o plantonista, a administração da unidade de saúde tem conversado com os profissionais e busca alternativas para tentar resolver o caso.

Santa Casa
O provedor da Santa Casa de Santo Anastácio, Luiz Infante, informou na tarde desta quinta-feira (15) que as especialidades estão suspensas temporariamente na unidade de saúde e que não há uma previsão para o pagamento dos salários dos profissionais. “Estamos enfrentando uma fase de crise, assim como outros hospitais de cidades da região e também do país. A quitação dos salários atrasados dependerá da entrada das receitas da Santa Casa. Nossa expectativa é de tentar acertar os plantonistas com as verbas que chegarem nas próximas semanas e os especialistas até o fim deste ano”, explicou Infante.

O responsável pela unidade de saúde afirmou que está prevista para a próxima semana uma reunião entre a Prefeitura e a Santa Casa para tratar sobre a situação financeira da unidade e a greve dos médicos.

Ainda conforme o provedor, a expectativa é de que, a partir de janeiro de 2017, os atendimentos de especialidades possam ser retomados na Santa Casa. “Temos essa expectativa, porém, caso a situação financeira apresente uma melhora, os profissionais poderão ser convocados novamente para atender no hospital”, afirmou.  
G1

Quitanda do Mário sempre uma surpresa pra você!


Bataguassu realiza "Dia D" de vacinação antirrábica neste sábado (17)

A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Saúde, realiza neste sábado (17), das 8 às 17 horas (Brasília), na sede da pasta (Avenida Porto XV de Novembro, 775), o "Dia D" da campanha de vacinação antirrábica no município.

Serão imunizados cães e gatos que estejam saudáveis e que tenham no mínimo três meses de vida.

A Prefeitura esclarece que os medicamentos não serão disponibilizados para que os proprietários dos animais apliquem a vacina em casa e informa que após a realização do "Dia D" em Bataguassu, a campanha terá sequência no município assim como estendida para o Distrito de Nova Porto XV e Assentamentos com data posteriormente divulgada

Loja 10 em Pres. Venceslau e Pres. Epitácio


Bataguassu atinge meta do Ideb

O município de Bataguassu (MS) conseguiu nota 6.0 no Ideb
O município de Bataguassu atingiu a meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º) projetada para 2015. O indicador relaciona o desempenho dos estudantes em avaliações de larga escala obtidas pela Prova Brasil/Saeb com dados do fluxo escolar via Censo Escolar do Ensino Básico.

Conforme o balanço divulgado no último dia 8 de setembro pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais "Anísio Teixeira" (Inep), a meta projetada para a rede municipal de ensino foi de 5.1. Bataguassu superou a meta anterior de 2013 de 4.6, alcançado a meta projetada [5.1].

Entre as unidades escolares, fazendo um comparativo das médias projetadas e alcançadas nos anos de 2013, 2015 e a meta projetada até 2021, constata-se que a Escola Municipal do Campo "Professora Maria da Conceição" que em 2013 não tinha número de alunos suficiente para participar da avaliação tendo como meta projetada para 2015 4.4, atingiu a média 6.0, ultrapassando a meta projetada para 2021.

A Escola Municipal "Professor Pedro Domingues de Figueiredo", do Distrito de Nova Porto XV, que em 2013 obteve a média 3.9, sendo que a projetada era de 4.3 em 2015 alcançou 5.3 superando também a média projetada .

A Escola Municipal "Marechal Rondon", que teve como meta observada 4.3, sendo projetada a média 5.0, embora ainda não tenha atingido a meta do MEC/Inep, apresentou resultados evolutivos em 2015, chegando ao índice de 5.0 se levarmos em consideração os resultados consequentes da administração anterior.

Segundo a secretária municipal de Educação e Cultura, Zélia Bonfim das Virgens, os resultados positivos comprovam que os investimentos realizados pela atual administração em relação a melhoria da aprendizagem dos alunos tem proporcionado avanços significativos na área. "Estou muito feliz com os resultados, o que demonstra o quanto tem sido o esforço, a competência da equipe pedagógica da Semec como também dos professores e gestores das escolas municipais. Apenas com o empenho coletivo foi possível chegarmos a esses índices", declarou a gestora.

Zélia lembra que em 2013 após ter assumido a pasta a avaliação nacional ocorreu nas escolas municipais e não houve na época resultados satisfatórios, frutos do trabalho realizado pela administração anterior. "Recebemos duras críticas, mas havíamos assumido a gestão a apenas três meses e era impossível realizar qualquer trabalho com apenas dois meses de aula. Outro fato que é importante esclarecer é que o Ideb tem como referência o desenvolvimento e a aprendizagem dos alunos nos anos anteriores, ou seja, do 1º ao 4 ano avalia-se o 5º ano do Ensino Fundamental. O resultado chegou agora e alcançamos a meta projetada pelo MEC de 5.1", comenta.

A gestora lembra ainda que para melhorar a qualidade na educação municipal bem como o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças, a atual administração implementou uma série de ações, entre elas, a produção de material pedagógico, a realização de simulados e provas; intervenções diversas por meio de capacitação aos coordenadores e professores, com monitoramento nas práticas educativas; mapeamento dos resultados das turmas lançados no sistema e - cidade, realizando intervenção em tempo real dentro de uma concepção que pudesse garantir aos educandos atingir com eficiência os objetivos de uma educação de qualidade, como também os descritores que envolvem os diferentes níveis de aprendizagem. "Só por meio dessas práticas contextualizadoras, problematizadoras e a avaliação eficaz é que se constrói conhecimento. Os investimentos proporcionados pela atual administração culminaram com a melhoria da aprendizagem e da estrutura da rede municipal de ensino, com o objetivo de dar um salto na qualidade da educação local, o que temos atingido demonstrando que estamos no caminho certo", conclui ela.

Charge do Dia do Integração Regional News


Aulão ENEM 2016 no Colégio São Paulo


Empresários de PV solicitam providências da prefeitura sobre comércio informal

Reunião foi realizada nesta quarta-feira (14) na sede da Aciprev
(Foto: Cedida/A.I Aciprev)
A Associação Comercial e Industrial de Presidente Venceslau (Aciprev) recebeu, nesta quarta-feira (14), outro encontro dos empresários do comércio da cidade, bem como os responsáveis por alguns setores da Prefeitura Municipal para tratar novamente sobre o “comércio informal” local.

Como dito anteriormente, há uma proliferação de ambulantes na cidade e quanto a isso, a prefeitura alegou que buscará meios de evitar que estes se fixem em local não autorizado (local permitido em decretos: Praça da Vila Luiza e em frente ao Conservatório Musical) para realização de comércio.

Com relação ao Camelô, o diretor Jurídico, a pedido dos empresários na ultima reunião, apresentou a Lei 3.117/2012 e o Decreto de número 31/2014 que regulamenta tal local. Foi feito aos presentes a leitura da lei e, logo em seguida, a leitura do decreto. Verificou-se que tanto na lei como no decreto, as normas não estão sendo cumpridas.

Os empresários presentes ficaram inconformados com o desrespeito as normas acima citadas, alegando que cabe agora à prefeitura colocar em vigor as mesmas dentro do prazo fixado.

A Lei Ordinária nº 3.117 de 18 de dezembro de 2012 pode ser acessada através do link http://www.camarapv.sp.gov.br/. Já o Decreto nº 031 de 10 de março de 2014 não está disponível no site da prefeitura.

Venceslau Farma, a Farmácia do Yassuo em Venceslau


Jovem é flagrada com crack durante viagem em ônibus

Droga totalizou 5,621 quilos (Foto: Cedida/PMR)
Uma jovem de 19 anos foi presa, na madrugada desta quinta-feira (15), por tráfico de drogas no km 616+500 da Rodovia Raposo Tavares em Presidente Venceslau, Segundo informações da Policia Militar Rodoviária, ela transportava consigo porções de crack em um ônibus que fazia o itinerário Campo Grande (MS) – Belo Horizonte (MG).

Os policiais realizavam patrulhamento no trecho quando abordaram o coletivo e suspeitaram da passageira que ocupava a poltrona 17 do veículo. Em vistoria de sua bagagem, no compartimento interno do ônibus, foram encontrados seis tabletes de crack, além de duas pequenas porções enroladas em um edredom junto à bagagem. A droga totalizou 5,621 quilos.

Questionada, a autora informou que adquiriu a droga no município de Campo Grande, com um homem desconhecido, e que revenderia a mesma em Ribeirão Preto.
A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Policia Civil do Município de Presidente Venceslau e a Autora encaminhada a penitenciaria de Tupi Paulista.

Boscoli Bosh Car Service em Venceslau


Confira as vagas de estágio nas cidades da região

O Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) oferece, nesta semana, 15 vagas de estágios para estudantes do Oeste Paulista que estão cursando os ensinos médio, técnico e superior.

As remunerações podem chegar aos R$ 880, para carga horária semanal de até 30 horas. Veja os detalhes.
- 1 vaga para os estudantes que estão do 1º ao 9º termo de arquitetura e urbanismo que moram em Presidente Epitácio. A bolsa-auxílio é de R$ 600 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para aquele que está do 1º ao 3º ano de pedagogia e reside em Presidente Prudente. A remuneração é de R$ 600 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os alunos do 1º ao 2º ano do ensino médio que moram em Pirapozinho. A bolsa-auxílio é de R$ 450 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para quem cursa do 1º ao 7º termo de administração e reside em Martinópolis. A remuneração é de R$ 600 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os que estão do 1º ao 2º ano de administração e moram em Presidente Prudente. A bolsa-auxílio é de R$ 600 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os estudantes que estão do 2º ao 3º de matemática e residem em Presidente Prudente. A remuneração é de R$ 400 para 20 horas semanais.

- 1 vaga para aquele que está do 1º ao 3º ano de tecnologia em design gráfico e mora em Presidente Prudente. A bolsa-auxílio é de R$ 600 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os alunos do 2º ao 3º ano de pedagogia que residem em Presidente Prudente. A remuneração é de R$ 700 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para quem cursa do 1º ao 3º ano de turismo e mora em Presidente Prudente. A bolsa-auxílio é de R$ 880 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os que estão do 2º ao 3º ano de ciência contábeis e residem em Presidente Prudente. A remuneração é de R$ 500 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os estudantes do 1º ao 3º ano de informática que moram em Parapuã. A bolsa-auxílio é de R$ 400 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para aquele que está do 1º ao 3º ano de pedagogia e reside em Parapuã. A remuneração é de R$ 400 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os alunos do 1º ao 3º ano de administração que moram em Pauliélia. A bolsa-auxílio é de R$ 605 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para quem cursa do 1º ao 3º ano de enfermagem e reside em Paulicéia. A remuneração é de R$ 605 para 30 horas semanais.

- 1 vaga para os que estão do 1º ao 3º ano de design ou arquitetura e urbanismo e moram emAdamantina. A bolsa-auxílio é de R$ 400 para 30 horas semanais.

Serviço
O Centro de Integração Empresa-Escola fica na Rua Joaquim Nabuco, 849, no Centro, em Presidente Prudente. Mais informações e vagas podem ser consultadas pela internet ou pelo telefone (18) 3222-0995.

Promoção especial na A+ Calçados

A A+ Calçados está com uma super promoção nesta semana. Toda a linha de sapatos em 7x no crediário, primeira parcela para novembro e a loja ainda dá de presente a última parcela.

Compre sapatos masculinos em couro JP, Ferracini, Francajel e Democrata em 7x de 39,90 e a última é a A+ que paga. 

A loja ainda parcela em 10x sem juros nos cartões e para clientes da região, a A+ paga a passagem de ônibus ou despesas com combustível.

Não perca essa incrível promoção A+ Calçados.

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br