quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Cacildo Dagno é reeleito prefeito em Santa Rita do Pardo

Foto: Celso Santos
Neste domingo (2), mais uma vez, grande parte dos eleitores de Santa Rita do Pardo (MS) escolheu Cacildo Dagno (PSDB) para ser o seu representante na prefeitura municipal por mais 4 anos.

Com exatos mil votos de diferença, Cacildo foi eleito com 2.373 votos, enquanto sua adversária Professora Eledir (PTB) obteve 1.373 votos. 

Com esse resultado, Cacildo continua como Prefeito Municipal de Santa Rita do Pardo até 2020.

GELA GOELA SERV-FESTA EM PRES. VENCESLAU


Caravina é reeleito e continua como prefeito de Bataguassu

FOTOS: SERGIO MELUCCI / RÁDIO PORTAL NEWS
A grande maioria da população de Bataguassu (MS), escolheu para prefeito, Pedro Arlei Caravina (PSDB) e Akira Otsubo como vice. Caravina e Akira alcançaram58,61% dos votos, enquanto seu adversário, Neto do Jô ficou com 41,39% dos votos.

Em um total de 13.866 votos, sendo 13.031 válidos,250 brancos e 585 votos nulos, Caravina obteve7.638 votos e seu adversário, Neto do Jô, ficou com5.393 votos. Mais de 20% dos eleitores de Bataguassu, não compareceram às urnas, somando um total de 3.626 abstenções.

Vereador

Em primeiro lugar, para ocupar uma das cadeiras da Câmara Municipal de Bataguassu, Cesar Martins (PMDB) foi eleito com 504 votos, seguido de Andre Bezerra (PT) com 452 votos,Márcio da Farmácia (PTB) com 449 votos, Renatinho (PTB) com 434 votos, Dennis Thomazini (PTB) com 434 votos, Pastor Alessandro (PR) com 430 votos, Ley do Gás (PR) com 425 votos, Mauricio do XV (PSDB) com 394 votos, Reginaldo (PSDB) com 384 votos,Cleyton (PTB) com 374 votos e Celso do 22 (PEN) com 330 votos.

Faça sua festa com Chopp Palazzo


Advogado de Rosana deixa prisão; mesmo detido recebeu 52 votos para vereador

Samuel Lucas Procópio - Foto : Redes Sociais
O advogado Samuel Lucas Procópio teve a liberdade provisória concedida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, da comarca de Rosana (SP), nesta quarta-feira (5).

O ex-vereador e candidato nestas eleições foi preso em 25 de agosto acusado de incitar e coordenar uma série de atos criminosos no município paulista.

Mesmo detido, Samuel, que é filiado ao PHS, recebeu 52 votos no pleito, ficando em 67º lugar entre os 146 candidatos a vereador.

Antes de ser solto, a prisão preventiva do acusado foi defendida pelo Ministério Público Estadual (MPE). O pedido de liberdade também já havia sido indeferido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Reportagem tentou contato com a defesa, porém, sem sucesso.

Venceslau Farma, a farmácia do Yassuo em Venceslau


Vereador eleito foi detido por distribuir santinhos em Rosana

Vereador eleito, Negão do Lavador (PSD) - Foto : Redes Sociais
O vereador Negão do Lavador (PSD), eleito em Rosana (SP) por 208 votos, foi detido no dia das eleições, no último dia 2 de outubro, por infringência ao disposto previsto no artigo 299 da Lei 4737/65 (dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber dinheiro, dádiva ou outra vantagem consumada).

A ocorrência foi registrada no período da manhã, na Avenida Barrageiros, em Primavera, distrito de Rosana. Junto com o candidato foram apreendidos R$ 427 em espécie e materiais de campanha. No momento da abordagem policial, ele estava acompanhado por mais uma pessoa.

A denúncia foi atestada por testemunhas e fiscais, mas o candidato negou a prática, contudo, confessou que entregava folhetos de propaganda para eleitores.

A pessoa que acompanha o vereador eleito também negou as acusações, mas “quando passou a ser advertido acerca dos indícios que pairavam contra si, acabou por confessar que, de fato, entregou dinheiro para dois parentes, como forma de ajuda-los”, e que pediu votos para outro candidato a vereador, entregando o “dinheiro por vontade própria, de forma autônoma, e sem ter sofrido influência por parte desse candidato”.

Em relação ao vereador eleito, “não restou comprovada a compra de votos, porém, o mesmo confessou que estava entregando santinhos a outras pessoas, sob a nada convincente e irrelevante justificativa de que acreditava não ser crime”. Por tal motivo, foi determinada a lavratura de termo circunstanciado, pela prática, em tese, de delito previsto em lei.

Faça a revisão de seu carro na Boscoli de Pres. Venceslau


Bancários de PV e Região encerram greve de 24 dias

As agências bancárias de Presidente Venceslau encerraram nesta quinta-feira (6) a greve decretada pelo Sindicato dos Bancários depois de 24 dias de paralisação. O término da greve foi informado pelo sindicato da categoria, que acompanhou a decisão tomada pelos bancários do estado de São Paulo.

A greve foi iniciada no dia 12 de setembro em Presidente Venceslau e se estendeu pela região de abrangência do sindicato de Presidente Venceslau. Nesta quinta-feira (6), somente a agência do Banco do Brasil em Piquerobi continuava fechada ao público.

Grana Cred/ Banco BMG - Crédito Consignado INSS


Jovem de 21 anos é encontrada morta em Venceslau

A jovem Bianca Barreto de Souza foi encontrada morta em seu quarto por volta das 12h30 desta quinta-feira (06) em Presidente Venceslau.

Ela tinha 21 anos de idade e o fato foi registrado em sua casa localizada na rua Bocaina.

De acordo com informações apuradas pelo PORTAL BUENO, a família da jovem encontrou a moça com sinais de enforcamento e acionou o Corpo de Bombeiros. Houve tentativa de reanimar a moça, porém, sem sucesso.

Peritos da Polícia Civil foram acionados até a residência de Bianca para apurar as causas da morte e o que provocou o enforcamento.

O caso está sob investigação policial.

Repercussão
Instantes após a confirmação da morte da jovem, o perfil de Bianca na rede social começou a receber mensagens de amigos com o sentimento de perplexidade pelo ocorrido. Uma das mensagens diz. "Eu não consigo acreditar nisso, a gnt tava tão feliz."  (Fonte: Portal Bueno)

Concurso Bolsa 2017 do Colégio São Paulo. Participe


Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br