terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Casa em área de risco é interditada em Venceslau

Bairro passa por  construção de galerias de água
Casa está em área de risco (Foto: Div/Paulo Roberto dos Santos)

A Prefeitura de Presidente Venceslau, junto ao Corpo de Bombeiros, interditou uma casa, em uma área de risco, no Residencial Roberto Maximino, na noite deste domingo (15). De acordo com as informações do chefe de Gabinete do Poder Executivo, Élcio de Paula Souza Filho, o bairro está passando por obras de construção de galerias de água e existem imóveis que foram construídos em Área de Preservação Permanente (APP). “A casa interditada está em um ponto crítico, em uma área alvo de invasão. Naquele local, que era um fundo de vale, haverá a colocação de aduelas, tanto abertas quanto fechadas, para a captação de água. Essa residência fica bem próxima desse local, o que é arriscado. Pela área ser uma bifurcação, a água que a atinge tem muita força e, por isso, sempre foi considerado um local irregular para construção”, informou.

Ainda segundo ele, o local permanecerá interditado enquanto estiverem em construção as tubulações. “O local onde a casa está é considerado uma Área de Preservação Permanente [APP], ou seja, não deveriam ter imóveis naquela região. O bairro possui cerca de 30 residências irregulares. Como esta casa corre risco de desabamento, ela continuará interditada, por medidas de segurança. Assim que toda a obra for finalizada, será proposto o remanejamento desse imóvel”, explicou.

A moradora receberá assistência, já que não poderá retornar para a sua casa. “Ela passará pelo setor de Assistência Social da Prefeitura, onde será analisado o seu perfil para que haja a autorização do pagamento do aluguel social. Essas obras que estão sendo realizadas no bairro darão melhores condições aos moradores, entretanto, esta casa que está interditada não terá como reduzir o risco”, finalizou o representante da Prefeitura.

Invasão de lama
Ainda no mesmo bairro, o morador Paulo Roberto dos Santos registrou a invasão de lama na residência de um vizinho. Segundo o relato, alguns móveis foram danificados. “Eu moro na parte de cima do bairro e sempre passo pela Rua Manoel de Oliveira Neto, que fica onde era um fundo de vale do residencial. Neste domingo [15], eu percebi que a lama havia invadido a casa de um dos moradores e, inclusive, a geladeira dele ficou alagada”, disse.

Ainda segundo ele, o trecho faz divisa com a Vila Nova e o Bairro Watanabe. “A falta de asfalto prejudica quem reside no local. Toda vez que chove forma muita lama e, em alguns casos, acaba invadindo as casas. Quem acaba sofrendo com isso são os moradores”, ressaltou.  (Fonte: G1 Prudente)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br