segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

PMA de Bataguassu fecha carvoaria ilegal em Anaurilândia

Fazendeiro foi autuado em R$ 48,3 mil e teve apreensão de 136 m³ de lenha
e 25 m³ de carvão ilegais / Imagens: PMA/Divulgação
Um fazendeiro residente em Anaurilândia levou, uma multa de R$ 48,3 mil e teve uma carvoaria ilegal lacrada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bataguassu. Fato ocorreu na tarde deste sábado (7), em uma fazenda a 16 km da cidade.

De acordo com a PMA, a carvoaria funcionava de forma ilegal. Nas proximidades de 10 fornos que havia na carvoaria foram encontrados 100 m³ de lenha nativa sem origem para ser processada e mais 36 m³ carregados em dois caminhões. Foram encontrados também 25 m³ de carvão ensacados, também sem origem.

O proprietário apresentou licença ambiental da carvoaria, porém, não possuía a licença da madeira e do carvão que estavam no local, caracterizando funcionamento em desacordo com a licença obtida.

A carvoaria foi interditada e foram apreendidos os 136 m³ de madeira e os 25 m³ de carvão nativos sem origem. O proprietário da carvoaria, que também é proprietário da fazenda, foi autuado administrativamente e multado em R$ 48,3 mil, por funcionar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a autorização ambiental e pela madeira e carvão ilegais. O infrator também responderá por crime e poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.   (Fonte: Jornal da Nova)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br