terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Polícia prende acusados de desviar combustível de empresa Região

Durante a operação foram apreendidos cigarros sem nota na casa
 de um dos envolvidos 

Equipamento utilizado para desviar
combustível

Polícia Civil fez ação nesta segunda-feira em Teodoro Sampaio
A Polícia Civil de Teodoro Sampaio realizou na manhã desta segunda-feira (2) uma Operação denominada Carburante, para o cumprimento de cinco mandados de prisão, de pessoas ligadas a um esquema de desvio de combustíveis, lubrificantes de motor e de pneus de caminhões, de uma empresa que presta serviços à destilaria Odebretch. A ação também cumpriu seis mandados de busca e apreensão.

Segundo a polícia, as investigações tiveram início há dois meses com a informação de desvio de óleo diesel da empresa Conlog Concórdia Logística S/A, que presta serviços à Odebretch.

Conforme a polícia, um grupo de pessoas estaria desviando cerca de 400 litros de combustível por dia da empresa vítima. A fraude contava com a facilitação de dois motoristas da instituição e ainda com um terceiro, responsável pela logística de recolhimento e distribuição do combustível.

O combustível, lubrificantes e pneus eram desviados com a participação e conhecimento prévio do dono de uma transportadora e de um agricultor. Ambos utilizavam o material receptado em seus caminhões e implementos agrícolas, conforme a polícia.

A ação resultou na prisão de três homens e dois ainda estão foragidos. Na casa de um dos presos, de 30 anos, responsável pela logística, a polícia apreendeu 22.500 maços oriundos do Paraguai, sem notas fiscais.

O delegado Edmar Rogério Dias Caparroz informou que os indiciados não são considerados receptadores, mas partícipes dos furtos qualificados em associação criminosa. Eles responderão pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa. O homem que estava com os cigarros, foi preso em flagrante e responderá por contrabando.

Segundo a polícia, o grupo desviou 4.904 litros de diesel. Parcialmente, a ação resultou na apreensão de 240 litros de lubrificantes, avaliados em R$ 3 mil, uma bomba manual para extração de combustível de tanques e três serras elétricas.
Os presos serão encaminhados a Cadeia de Presidente Venceslau, segundo a polícia.

Membros do efetivo da Polícia Civil de Presidente Venceslau e o delegado Eversson Contelli participam da Operação Carburante nesta segunda-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br