quarta-feira, 22 de março de 2017

Em Bataguassu, Caminhoneiro atea fogo em vegetação em frente ao quartel da PMA e vai preso

Caminhoneiro, de 50 anos, foi preso na noite desta segunda-feira (20) depois de atear fogo em uma vegetação em frente à um quartel da Polícia Militar Ambiental (PMA), em Bataguassu. Homem tentou fugir, mas foi detido pela polícia duas quadras a frente do incêndio. Ele foi multado em R$ 5 mil por poluição.

A vegetação queimada tinha parte de gramíneas cortadas da limpeza do quartel e do bairro, onde seriam recolhidas pela coleta seletiva pela manhã, quando a limpeza fosse concluída. O motorista alegou que não gostou do lixo sobre o canteiro e resolveu queimá-lo.

Conforme nota, a PMA informou que cortina de fumaça foi tão intensa, que um dos agentes passou mal, teve problemas respiratórios e precisou ser levado ao hospital.

No momento da prisão, um amigo do suspeito, outro caminhoneiro, de 43 anos, tentou impedir a prisão e foi preso por desobediência. Os policiais voltaram e extinguiram o incêndio.

Incendiário foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil. Além da multa, o infrator responderá pro crime ambiental e se condenado, poderá pegar pena de até quatro anos de prisão.  (Fonte: Correio do Estado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br