quarta-feira, 26 de abril de 2017

Agente penitenciário morto a tiros é sepultado em Epitácio


Gilson Xavier da Silva foi morto em
 São Paulo (Foto: Reprodução)

O corpo do agente penitenciário Gilson Xavier da Silva, morto a tiros na porta de casa em Campo Limpo, distrito da zona sul da cidade de São Paulo, foi sepultado em Presidente Epitácio (SP) na manhã desta terça-feira (25), no Horto da Igualdade.

O velório havia sido iniciado na noite de segunda-feira (24) no Velório Araçá, em Epitácio, por volta das 22h, logo após o corpo do agente ter sido transladado da capital.

O caso
O agente penitenciário epitaciano Gilson Xavier Silva, 39 anos, morreu baleado na madrugada do último dia 21 no bairro Campo Limpo – zona sul – da capital paulista. De acordo com informações, Gilson fazia “bico” na área de segurança nas horas vagas.

Gilson, que chegava a sua casa de moto, foi abordado por dois homens que também estavam em uma moto e o balearam com tiros na cabeça. O agente não resistiu e morreu.

Durante a ocorrência nada foi levado da vítima e até o momento desta publicação ninguém foi preso. A polícia investiga o caso.

Gilson era epitaciano e residia em São Paulo em função do cargo de agente penitenciário. (Portal Bueno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br