terça-feira, 4 de abril de 2017

Ônibus de estudantes de PV são apreendidos com irregularidades

Ônibus de outras empresas já haviam sido fiscalizados
 na quinta-feira passada (Foto: Reprodução G1 Prudente)

Dois ônibus da empresa da cidade que transportam estudantes de Presidente Venceslau foram apreendidos, na última sexta-feira (31), durante uma fiscalização da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) na Rodovia Raposo Tavares, em Presidente Prudente. 

Durante a operação foi constatado que os veículos eram clandestinos e não possuíam cadastro e autorização da Artesp para a circulação.

Um estudante de Presidente Venceslau, que não quis se identificar, estava em um dos ônibus que transportava cerca de 40 alunos, contou ao Portal Bueno que a apreensão foi feita quando o mesmo seguia até universidades de Presidente Prudente. “Passamos o pedágio e próximo ao antigo Sucão os ônibus fora parados pela Polícia Rodoviária. Juntamente com um fiscal da Artesp fizeram uma vistoria no veículo e perceberam que o mesmo não possuía autorização para circular. Imediatamente o ônibus foi apreendido e um outro veículo, de uma empresa de transporte autorizada pela Artesp, foi acionada pra embarcar os alunos e continuar viagem”, disse o universitário.

Ainda segundo ele, muitos alunos se atrasaram para aulas e até perderam provas. “Até fazer a apreensão e embarcar os alunos já passavam de 20h30, e as aulas iniciam às 19h. Muita gente perdeu as primeiras aulas e até mesmo provas”, disse. Após a apreensão, diversos estudantes já procuram outra empresa para contratarem o serviço. “Já não é a primeira vez que acontece isso. A gente está procurando outra empresa para contratar para que problemas como esse não se repitam”, finaliza.

Segundo informações da Artesp, o serviço irregular oferece inúmeros riscos aos passageiros, segundo a Artesp. “Uma vez que o veículo não passa pelas vistorias mecânicas, não há garantia de que o motorista seja habilitado para atuar no transporte coletivo e, em caso de acidente, não há seguro para os passageiros”, declarou a Artesp.

Conforme a Artesp, a fiscalização tem o objetivo de coibir o transporte irregular ou as irregularidades cometidas pelas empresas que estão atuando no setor legalmente. Outro propósito é aumentar a segurança das viagens e dos passageiros. A Artesp ainda declarou que disponibiliza em seu site toda a relação das empresas cadastradas e de veículos vistoriados para o transporte intermunicipal no Estado de São Paulo. “É muito importante que os alunos consultem a Agência antes de contratar uma empresa de fretamento”, salientou.

Para consultar a lista, basta informar a placa do veículo, o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) ou o nome da empresa. A verificação antes da contratação do serviço é primordial por questões de segurança e para evitar os transtornos dos passageiros quando o veículo é apreendido. Basta acessar o portal e clicar em "Empresa de Fretamento"/"Acessar".

Outro lado
O Portal Bueno entrou em contato com a empresa que informou que a fiscalização foi tendenciosa e muitos outros ônibus não foram vistoriados. “Nenhum veículo que faz transporte de estudantes ou de turismo de Venceslau possui essa autorização da Artesp. O que ocorreu foi uma ação que apenas pararam os nossos ônibus e deixaram passar os demais. Se fiscaliza um tem que fiscalizar todos. A empresa tem todas as vistorias necessárias para circular desde seguro, liberação do INMETRO, entre outras e não tínhamos a da Artesp. Mas já está sendo providenciada a documentação e acredito que dentro de dois meses já estará regularizada”, informou a empresa.  (Com G1 e Portal Bueno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br