quarta-feira, 26 de abril de 2017

Venceslauenses organizam greve geral em protesto à reforma da previdência


Trabalhadores bancários, do comércio e da educação se mobilizam nesta semana em Presidente Venceslau (SP) para organizarem uma greve geral em protesto contra a reforma da previdência (PEC 287 / 2016), atualmente na Câmara dos Deputados em Brasília (DF), bem como demais reformas criadas pelo Governo Temer.

O protesto está marcado para a próxima sexta-feira (28), a partir das 8h30, e partirá da praça Nicolino Rondó, na avenida Dom Pedro II. De acordo com a organização, o local receberá a concentração de trabalhadores e autoridades na parte da manhã. O movimento integrará a greve geral dos trabalhadores realizada em todo o país, que é realizada contra a reforma da previdência. 

Na área da educação, alunos e professores de escolas públicas e privadas de Presidente Venceslau estão sendo convidados a participarem do protesto. De acordo com Erivaldo Lima, o Eri, o movimento defende o direito à aposentadoria do trabalhador. “O movimento é contra as reformas. É necessário investir mais em educação, saúde e segurança, além de desmascarar a corrupção que é feita por parte dos políticos”, explicou um dos organizadores da manifestação.

Para aderir ao movimento, o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Presidente Venceslau (SP) e região realizou assembleia na quarta-feira da semana passada (19). Na ocasião, a paralisação das atividades no dia da manifestação foi aprovada. “Os funcionários que estiveram na assembleia aprovaram a medida e a paralisação das agências acontecerá de acordo com a consciência de cada cidadão. Não podemos afirmar ainda se as agências vão parar durante todo o dia ou apenas por um período. Até a greve, iremos promover mais reuniões sobre o assunto”, explicou Ângelo Malacrida, integrante do sindicato e um dos organizadores do movimento venceslauense.

Integrantes do Sindicato dos Comerciários de Presidente Venceslau (Sincomerciários) também integrarão o movimento. De acordo com a presidente Nadir Almeida, a sede do sindicato permanecerá fechada no horário do ato e a distribuição de panfletos será realizada. “Estaremos na praça a partir das 8h30 e após as 10h seguiremos para Presidente Epitácio, Santo Anastácio e Teodoro Sampaio para continuarmos com as ações”, disse a presidente. (Da redação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br