sexta-feira, 26 de maio de 2017

Mosaicista de Presidente Venceslau participa de painel em homenagem às vítimas de Mariana

Renata Camacho Dias vai participar com duas peças no painel de mosaico
 (Foto: Renata Camacho Dias/Cedida)



Renata Camacho Dias trabalha há três anos com mosaicos
 (Foto: Renata Camacho Dias/Cedida)

Painel vai ser formado com obras de 100 mosaicistas brasileiros
 (Foto: Divulgação)
Uma advogada de Presidente Venceslau que dedica parte do seu tempo à arte foi convidada para colaborar em um grande mosaico que será instalado em Mariana (MG), cidade a cerca de 100 km de Belo Horizonte (MG), atingida pela lama do rompimento da Barragem do Fundão, em novembro de 2015. A artista Renata Camacho Dias diz ter ficado lisonjeada com o convite, uma vez que o projeto tem também cunho social. 

A advogada, que há três anos também se dedica à montagem de figuras com pequenos pedaços de azulejos e pastilhas, vai colaborar com duas peças no painel que vai medir 20 m² e ter a participação de 100 artistas brasileiros. 

“Fiquei lisonjeada em participar desse projeto, o qual será um pontapé inicial para a criação da escola superior de arte”, destacou Renata ao G1. 

A artista explicou ao G1 que o projeto se deu por conta do acidente de Mariana (MG), que despejou cerca de 34 milhões de metros cúbicos de rejeitos de mineração em casas, vales e rios, e causou a morte de 19 pessoas. 

“Diante dessa tragédia, foi criada a Fundação Luz de Mariana, que tem como embaixadora a atriz Maria Fernanda Cândido. A criação da fundação tem como objetivo a construção de uma escola superior de arte. Para os atingidos pela lama, o acesso à escola será gratuito”, destacou ao G1. 

Ainda de acordo com Renata, Nico Ferreira é o mosaicista idealizador do painel que será instalado às margens da Rodovia de Mariana. Ainda não há data definida para a colocação da obra. 

A barragem se rompeu no dia 5 de novembro de 2015, destruindo o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, e atingindo várias outras localidades. Os rejeitos também atingiram mais de 40 cidades do leste de Minas Gerais e do Espírito Santo. O desastre ambiental é considerado o maior e sem precedentes no Brasil. (G1 Prudente) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br