quinta-feira, 8 de junho de 2017

Vítima de ‘sequestro-relâmpago’ é obrigada a entrar em veículo por trio armado com pistola

Dinheiro que estava com a mulher suspeita foi apreendido
(Foto: Polícia Militar/Cedida)

Veículo suspeito foi abordado no Jardim Humberto Salvador, em
 Presidente Prudente (Foto: Polícia Militar/Cedida)
A Polícia Militar prendeu no Jardim Humberto Salvador, em Presidente Prudente, um homem de 23 anos que participou do “sequestro-relâmpago” de uma mulher de 21 anos nesta quarta-feira (7). A vítima foi ameaçada com uma pistola, obrigada a entrar em um veículo e a circular com três criminosos por cerca de 10 minutos pela cidade, logo após ter realizado um saque em uma agência bancária na Avenida Washington Luiz.

Segundo a Polícia Civil, a vítima se dirigiu ao banco por volta das 10h, sacou R$ 350 e foi abordada a cerca de dois quarteirões de distância da agência por um homem armado com uma pistola, que a obrigou a entrar em um utilitário de cor preta. De acordo com a vítima, no veículo havia mais duas pessoas que a obrigaram a permanecer de cabeça abaixada.

A mulher foi solta depois de cerca de 10 minutos e acabou libertada nas proximidades do Terminal Rodoviário de Presidente Prudente, após ter entregue o dinheiro, um celular, cartões bancários e documentos pessoais.

Prisão
A Polícia Militar colheu informações sobre as características do veículo e dos assaltantes e passou a realizar diligências pela cidade. Diante da suspeita, os militares foram ao Jardim Humberto Salvador e abordaram uma mulher que dirigia um Renault Duster e estava estacionando em casa.

A mulher abordada alegou que era a proprietária do veículo e que, por volta das 10h, teria ido até o Centro “para pegar um exame em uma clínica e havia deixado seu veículo em um estacionamento particular, por cerca de 20 minutos”.

Na residência, foi abordado um homem de 23 anos, que alegou desconhecer o fato, mas durante uma revista foi encontrada uma blusa de moletom semelhante à descrita pela vítima. Dentro da carteira da mulher também foi encontrado dinheiro, cuja quantia a suspeita afirmou que seria de R$ 500,00, porém, havia R$ 823,00.

Diante das contradições, as partes foram encaminhadas até a Delegacia Participativa da Polícia Civil, em Presidente Prudente, onde a vítima reconheceu o suspeito como sendo o autor do roubo, o qual foi preso pela segunda vez pelo mesmo crime. A mulher foi ouvida e liberada. (G1 Prudente)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br