segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Polícia Militar Ambiental apreende redes de pesca irregulares no Rio Paraná



Redes não estavam de acordo com a legislação ambiental, em Panorama
 (Fotos: Polícia Militar Ambiental/Cedida)
A Polícia Militar Ambiental apreendeu neste sábado (5), 1.350 metros de redes de pesca irregulares no Rio Paraná, em Panorama. De acordo com a corporação, o local é conhecido como “Ilha Bandeirantes”, e as redes não possuíam as devidas plaquetas de identificação.

Policiais realizavam patrulhamento hidroviário e avistaram uma embarcação à distância, que mexia com petrechos de pesca. Ao perceber a aproximação dos militares, o barco empreendeu fuga, segundo a polícia.

Após buscas com uso de gancho, foram localizados e recolhidos 1.350 metros de redes de emalhar, divididas em 27 panos de rede de 50 metros de comprimento cada, com 1,20 metro de altura e malhas de 80 milímetros.

Conforme a Polícia Ambiental a instrução normativa conjunta Ibama nº 003/2004 em seu artigo 5º, inciso I, permite a pesca comercial neste local, com redes de malhas de tamanho igual ou superior a 140 mm. “Portanto, a conduta encontrada no referido trecho caracterizou crime tipificado no artigo 34 da lei federal n° 9605/98”, segundo a polícia.

O responsável pelos petrechos não foi localizado e os materiais foram apreendidos. Os peixes encontrados nas redes foram soltos, por estarem vivos, segundo a corporação. A ocorrência será apresentada à Polícia Federal, por se tratar de rio da União.

(G1 Prudente)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br