quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Caravina tira férias de 10 dias e Akira assume interinamente, o comando da prefeitura de Bataguassu

O prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) transmitiu na quarta-feira, dia 18 de janeiro, o cargo de prefeito para seu vice, Akira Otsubo (PMDB), conforme institui o decreto nº 026/2017, de 18 de janeiro de 2017.

Caravina permanece em período de férias de 19 a 28 de janeiro e pelos próximos dez dias, Otsubo, pela primeira vez desde o início da atual gestão, estará interinamente responsável pela administração municipal.

Na transmissão de cargo, Caravina ressaltou a confiança que tem no seu vice - agora prefeito em exercício Akira - e em toda a equipe de trabalho e comentou que durante sua ausência as atividades já em andamento serão desenvolvidas normalmente. "É a primeira vez que transmito o cargo para descansar após quatro anos de intenso trabalho à frente do Executivo Municipal desde o início do meu primeiro mandato. Não tenho dúvidas de que Akira dará sequência as ações nesse período em que estará como prefeito em exercício porque sei de seu compromisso com a comunidade de Bataguassu”, comentou ele.  (AI)

Mega promoção de motos Honda na Pajé de Venceslau


Charge do Dia do Integração Regional News


Sampaio Basquete supera Venceslau e alcança sua 1ª vitória na LBF

As donas da casa terminaram vitoriosas na acirrada partida, realizada nesta quarta-feira (18), em São Luís (MA), contra o Venceslau; placar final ficou em 73 a 61

Sampaio Basquete vence equipe de Presidente Venceslau por 73 a 61
 (Foto: André Nascimento)
O Sampaio Basquete deixou o Presidente Venceslau para trás na noite desta quarta-feira (18) e conquistou a primeira vitória na Liga de Basquete Feminino (LBF) 2016/2017. No jogo realizado no Ginásio Castelinho, em São Luís (MA), as donas da casa brigaram pelo marcador do início ao fim da partida, e superaram as venceslauenses por 73 a 61 (37 a 35 no primeiro tempo).

A ala/armadora do Venceslau, Mônica Nascimento, foi a maior pontuadora do duelo. Com 22 pontos, a jogadora terminou como cestinha da partida. Pelo lado da equipe mandante, o destaque ficou por conta da também armadora Tainá Paixão, que marcou 18 pontos durante o jogo. 

A Partida
A disputa começou equilibrada no primeiro quarto, mas Presidente Venceslau deixou o Sampaio Basquete para trás e terminou em 15 a 12. No segundo período, a equipe anfitriã se reergueu e virou o placar com cinco pontos de diferença do time vesceslauense: 25 a 20.

Mandantes alcançam primeira vitória na LBF 
(Foto: André Nascimento)
O terceiro quarto começou sob os comandos Venceslau, mas a equipe da casa investiu no ataque, caprichou na defesa e fez 17 a 15. O último período não foi diferente. Apesar de tentarem uma recuperação no placar, as visitantes ficaram novamente atrás do Sampaio Basquete, que venceu o quarto por 19 a 11 e concluíram o duelo em 73 a 61 na pontuação final. 

Próximo Jogo
O Presidente Venceslau enfrenta novamente o Sampaio Basquete nesta sexta-feira (20), às 21h, no no Ginásio Castelinho, em São Luís (MA). Este será o segundo confronto consecutivo das equipes da LBF.  (Fonte: Globo Esporte)

Cartão Pires - agé 40 dias para pagar sem juros!


Prefeituras abrem processos seletivos no Oeste Paulista

Sucen também está com inscrições abertas para três cargos. Interessados devem ficar atentos aos prazos das inscrições


Nesta semana, as oportunidades de concursos públicos são detinadas para sete cidades do Oeste Paulista. Os interessados poderão atuar em prefeituras, na Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) e em escolas técnicas.

A Prefeitura de Euclides da Cunha Paulista abriu processo seletivo para a formação de cadastro reserva de profissionais da educação. Os cargos são para professores atuarem em creches e na Educação de Jovens e Adultos (EJA) em diversas matérias.

A carga horária semanal pode variar, conforme o cargo pretendido, em 18, 30 ou 40 horas. As remunerações vão de R$ 12,85 a R$ 17,07 por hora/aula. A participação deve ser garantida até o dia 19 de janeiro pela internet. O valor da taxa é de R$ 45.

A Prefeitura de Ouro Verde abriu inscrições para o processo seletivo que visa a formar cadastro reserva de profissionais de nível superior. As oportunidades são para a função de professor para ministrar diversas matérias.

Os salários variam de R$ 10,68 a R$ 13,53 por hora/aula. A participação deve ser garantida até esta quinta-feira (19) pela internet. A taxa é de R$ 50.

A Escola Técnica Estadual (Etec) de Osvaldo Cruz também abriu cadastro reserva para professores. Os interessados devem ir à unidade, que fica na Rua Japão, 724, no Centro da cidade, até o dia 20 de janeiro.

A Prefeitura de Sandovalina abriu processo seletivo para a formação de cadastro reserva de profissionais da área da educação, especificamente, nos cargos de professores para lecionar em diversas matérias.

As remunerações variam entre R$ 9,05 e R$ 10,11 por hora/aula. Os interessados devem garantir a participação até o dia 22 de janeiro pela internet. A taxa é de R$ 40.

Em Pirapozinho, haverá concurso público para o preenchimento das vagas de professor auxiliar de educação infantil, professores de educação básica e para lecionar em diversas disciplinas. Os candidatos devem ter curso normal em nível médio ou superior ou licenciatura plena em pedagogia, com habilitação específica.

A carga horária vai de 24 a 40 horas semanais, com vencimentos que variam entre R$ 10,67 a R$ 16,95 por hora/aula. As inscrições devem ser feitas pelo site até o dia 22 de janeiro. A taxa é de R$ 40.

A Superintendência de Controle de Endemias abriu inscrições para um concurso com chances em todo o Estado de São Paulo. Existem três vagas para oficial administrativo, em caráter temporário, em Presidente Prudente.

O salário é de R$ 1.026 acrescido de benefícios para 40 horas de trabalho semanais. O concurso ainda oferecerá cinco vagas para motorista e quase 60 para desinsetizador, em Presidente Prudente e Adamantina. O salário é de R$ 1.026 para ambos os cargos, com 40 e 30 horas semanais de trabalho semanais, respectivamente.

As inscrições para os cargos custam R$ 51,81, podendo sofrer alteração em virtude da variação da Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (Ufesp), para o ano de 2017, segundo o edital. Os interessados devem possuir ensino médio completo.  (Fonte: G1 Pres. Prudente)

Preços de fábrica na Liane Automóveis de Venceslau


Justiça bloqueia bens de prefeita e ex-prefeito de Presidente Epitácio

Cássia Furlan (PRB) é acusada pelo MPE de improbidade administrativa. José Antônio Furlan alugou imóvel sem realizar licitação no ano de 2012

Cássia Furlan (PRB) assumiu prefeitura para a gestão de 2017 a 2020
(Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Presidente Epitácio/Divulgação)
A juíza da 1ª Vara da Comarca de Presidente Epitácio, Gina Fonseca Corrêa, determinou o bloqueio dos bens da prefeita Cássia Regina Zaffani Furlan (PRB), do ex-prefeito José Antônio Furlan, da secretária municipal de Assistência Social, Dulce Mara Rizzato Menezes, e de José Luiz Tedesco, pai do atual vice-prefeito da cidade, José Carlos Botelho Tedesco (PV). A decisão liminar foi motivada por uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa, movida pelo Ministério Público Estadual (MPE), sob denúncia de contratação de locação de um imóvel, para a instalação do Fundo Social de Solidariedade, no ano de 2012, sem a realização de licitação.

Segundo o documento judicial, Dulce Maria enviou ofício ao então prefeito, José Antônio Furlan, no dia 26 de janeiro de 2012, solicitando a abertura de ato motivador para formalizar o contrato de locação de um imóvel localizado na Rua Florianópolis, de propriedade de José Luiz Tedesco, que já estava previamente escolhido para a instalação do Fundo Social de Solidariedade administrado à época pela primeira-dama Cássia Furlan.

A juíza afirmou que, “com rapidez bastante questionável, no mesmo dia em que o procedimento foi encaminhado para parecer, o prefeito e correquerido José Furlan ratificou a dispensa do ato licitatório e ainda firmou o contrato de locação do imóvel". "Entretanto, embora tenha sido o imóvel previamente especificado pelas partes, tal imóvel nunca foi utilizado para o fim pretendido, já que se constatou que estava em péssimo estado de conservação, de modo que, além de não terem sido obedecidos os trâmites da Lei de Licitações, o prédio, que já estava previamente especificado pelas partes, nunca esteve em condições de servir para o fim declarado no ato motivador da contratação”, pontuou a magistrada.

O texto ainda citou que a ex-administradora do Fundo Social de Solidariedade e atual prefeita “quedou-se inerte, embora pudesse obstar a contratação de imóvel inservível, contribuindo para o dano ao erário". "Assim, há indícios de que as partes, desde o início, objetivavam dispensar a licitação para firmar o contrato de locação do imóvel, sem, contudo, haver qualquer justificação expressa para sua dispensa ou para a escolha do imóvel e, embora tenha sido verificado que o imóvel não servia ao fim pretendido, os requeridos se mantiveram inertes e utilizaram o bem para fim diverso daquele constante do ato motivador”, salientou a liminar.

A juíza determinou nesta semana o bloqueio dos bens dos envolvidos até o limite de R$ 26.045,28.

A ação
Conforme a ação civil pública elaborada pelo MPE, após a solicitação de contratação do imóvel, a Secretaria de Administração pediu à Comissão de Avaliação que procedesse à avaliação do preço de mercado para o aluguel do referido imóvel. A comissão elaborou no dia 5 de março de 2012 um laudo concluindo que o valor mensal para aluguel do imóvel seria de R$ 1.066,70. No dia seguinte, o locador José Luiz Tedesco informou que pretendia receber o valor de R$ 800 mensais pelo aluguel do citado imóvel.

Decisão foi proferida pela Justiça de Presidente
Epitácio (Foto: Reprodução/TV Fronteira)
A partir disso, “os agentes públicos envolvidos passaram a diligenciar no sentido de viabilizar uma contratação direta, sem que fosse questionada a regra da licitação, que deveria preceder à contratação. E o objetivo era claro: favorecer José Luiz Tedesco, pai do à época vereador José Carlos Botelho Tedesco, e atual vice-prefeito”, conforme a Promotoria de Justiça.

O texto do MPE cita que em 20 de março de 2012, quando a contratação já estava preparada e consolidada, o procedimento foi encaminhado à Secretaria de Negócios Jurídicos para parecer, que, na verdade, não tinha como objeto direcionar os trâmites para a legalidade, mas simplesmente endossar a decisão já tomada da contratação direta.

Ainda na mesma data, o então prefeito Furlan, que é marido de Cássia, ratificou a dispensa do procedimento licitatório, autorizando a contratação direta da locação, tendo sido o contrato firmado no mesmo dia, segundo o MPE.

O ex-prefeito José Antônio Furlan alegou que o local foi usado
como depósito (Foto: Reprodução/TV Fronteira)
A Promotoria afirma que, “no entanto, em que pese a rapidez com que o procedimento administrativo tramitou – especialmente em sua fase derradeira -, bem assim o fato do ato motivador inicial já individualizar o prédio pertencente a José Luiz Tedesco, o prédio nunca foi utilizado pelo Fundo Social de Solidariedade, uma vez que, posteriormente, constatou-se que o imóvel estava em péssimo estado de conservação. Isto é: além de não ter havido a observância irrestrita à Lei de Licitações (em virtude da indevida dispensa), houve a celebração de contrato de locação de bem que era completamente inservível para o fim declarado no ato motivador”, conforme a ação.

'Era um horror'
Em depoimento à Promotoria, uma funcionária do Fundo Social afirmou que “o Fundo Social nunca funcionou no endereço a Rua Florianópolis, 1-60; que como as condições do prédio localizada na Rua Fortaleza estavam ruins para atendimento, à época o prefeito Furlan e alguns engenheiros foram até no prédio da Rua Fortaleza e do Conselho Tutelar que era do lado também, e aí cogitaram a mudança; foi informado à declarante que iriam mudar e foi mandada uma chave, pela secretária de Assistência Social Dulce e este imóvel era próximo da sede do fundo e se localizava na Rua Florianópolis, 1-60, só que este prédio estava em péssimo estado; que como tinham uma fábrica de fraldas que se localizava na Rua Fortaleza, dentro da própria sede, a declarante que não poderia ocorrer a mudança porque não tinham portas, era um horror, muito sujo com alguns lixos, portas com cupins e o local tinha cobertura de amianto e que tinha várias rachaduras inviabilizando totalmente a utilização do local”, segundo a ação.

A funcionária pontuou ainda à Promotoria que no local da Rua Florianópolis o Fundo Social nunca funcionou nem estocou fraldas ou qualquer outro produto em virtude das péssimas condições.

O MPE afirma que, “clarificando ainda mais a ilegalidade praticada, apurou-se que a locação, embora pactuada pelo período de 12 meses (20/03/2012 até 19/03/2013), foi rescindida exatamente ao cabo do mandato eletivo do corréu José Antônio Furlan, em 10 de dezembro de 2012”.

“Aliás, não por outra razão (tentativa de ocultação), no ato rescisório sequer houver a estipulação de pagamento, por alguma das partes, da multa prevista na cláusula sétima do contrato (fl. 61 e 64/65). No mesmo diapasão as declarações José Luiz Tedesco: 'em verdade, percebeu o valor equivalente a 9 alugueres, totalizando o quantum de R$ 7.200,00, eis que não houve pagamento de multa por parte da municipalidade, em razão da rescisão do contrato'”, segundo o MPE.

'Desperdício de dinheiro público'
A ação do MPE cita que, “ainda que não tivesse sido o procedimento licitatório indevidamente dispensado e mesmo que o imóvel tivesse sido locado a preço de mercado, o ato de improbidade administrativa estaria caracterizado diante do inegável desperdício de dinheiro público pelo tempo que o município pagou pela locação do imóvel sem utilizá-lo”.

O contrato foi assinado no dia 20 de março de 2012. O prédio permaneceu sem nenhuma utilização durante todo o ano de 2012, quando houve a rescisão do contrato no mês dezembro, ou seja, ao término do mandato do ex-prefeito Furlan, segundo a Promotoria.

O MPE afirma que “não há qualquer motivo para tamanho descaso com o dinheiro público. Durante quase um ano o município pagou R$ 7.200 por um imóvel que não utilizou e que não possuía as mínimas condições de uso”.

Pedidos
Ao final do processo, o MPE pede que o contrato firmado entre o município de Presidente Epitácio e José Luiz Tedesco seja declarado nulo.

Também é solicitado que os envolvidos sejam condenados ao ressarcimento integral do dano, com a devolução aos cofres públicos do valor referente ao aluguel do imóvel pago pelo município, montante este que deverá ser corrigido monetariamente da data do desembolso até a data do efetivo ressarcimento e acrescido de juros legais.

O MPE ainda pede a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, o pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano e a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos, sanções que deverão ser dosadas e escolhidas de acordo com os critérios de razoabilidade e proporcionalidade adequados às condutas dos demandados.

Outro lado
Procurado pela reportagem, o ex-prefeito de Presidente Epitácio, José Antônio Furlan, informou que, na época da locação do imóvel, era feita uma avaliação imobiliária e não uma licitação. “Isso ocorre porque nem sempre o prédio com menor valor, conforme a licitação determina, fica nas condições de que a Prefeitura necessita, como, por exemplo, está em uma longa distância do que se é preciso. Por isso, fazemos uma avaliação imobiliária, nos locais próximos, e, assim, é feita a escolha”, disse.

Ainda segundo ele, quando o prédio foi alugado, em 2012, os imóveis estavam com valores muito altos. “Nós vivíamos em um momento em que a cidade estava aquecida em todos os sentidos e o setor imobiliário encontrava-se inflacionado. Não se achava imóvel para alugar com o preço baixo e foi, então, que indicaram o proprietário que tinha o menor custo, valor que poderia ser pago pelo poder público”, explicou Furlan.

O local foi usado como depósito do Fundo Social, conforme o ex-prefeito . “A intenção era mudar o Fundo Social para aquele imóvel. Entretanto, ele necessitava de reformas e não tivemos condições de realizar todas as obras de adaptações. Por isso, ele passou a ser utilizado como depósito, para guardar os produtos usados pelo próprio fundo”, ressaltou.

Furlan ainda alegou que a sua esposa, Cássia Regina Zaffani Furlan, que é a atual prefeita de Presidente Epitácio, mas, que na época da locação do prédio era a presidente do Fundo Social, não teve envolvimento com os trâmites. “Ela era apenas presidente, ou seja, responsável pelos projetos desenvolvidos. A Cássia não teve nada a ver com o aluguel do imóvel, ela não assinou nada e nem participou da escolha do mesmo. Como presidente do fundo, ela não tinha qualquer tipo de interferência com as decisões da Prefeitura, ou seja, ela não tem nada a ver com isso”, finalizou.

A secretária municipal de Assistência Social, Dulce Mara Rizzato Menezes, disse  que “não foi notificada sobre a decisão liminar e desconhece o conteúdo da mesma”.

A reportagem tentou contato com o proprietário do imóvel alugado pela Prefeitura, José Luiz Tedesco, mas ele não foi localizado em sua residência. A reportagem também tentou contato com o vice-prefeito José Carlos Botelho Tedesco, que é filho de José Luiz, mas ele não foi encontrado.

A prefeita Cássia Regina Zaffani Furlan não atendeu às ligações da reportagem nesta quinta-feira (19).  (Fonte: G1 Pres. Prudente)

Aproveite as ofertas de hoje da Farmais e RA Fórmulas


Fazenda Sant’Anna inova com leilão safra antecipada

Diferente de 20 anos atrás, a pecuária brasileira exige hoje máxima eficiência dos rebanhos. Para tanto, ter uma prenhês mais precoce e diminuir o intervalo entre os partos são metas indispensáveis a quem deseja ser competitivo no mercado atual. A tarefa não é simples, mas para ajudar os pecuaristas nessa conquista as Fazendas Sant’Anna lançam em janeiro de 2017 o Leilão Safra Antecipada.

O remate especial será realizado em 31 de janeiro pelo MF Rural (www.mfrural.com.br) e Nova Leilões, tendo como proposta disponibilizar touros e matrizes jovens, comprovadamente férteis, em um período no qual a oferta de reprodutores é restrita. Serão 15 touros Nelore PO com idade entre 26 e 28 meses e 18 novilhas Nelore PO prenhes por IA aos 16 meses e com parição prevista já para o início de fevereiro. Todos os animais possuem registro genealógico definitivo (RGD) e são provados pelo Programa de Melhoramento Genético das Raças Zebuínas (PMGZ).

Segundo Bento Abreu Sodré de Carvalho Mineiro, diretor das Fazendas Sant’Anna, o Leilão Safra Antecipada surgiu para disponibilizar ao mercado joias raras que até então ficavam retidas para o aprimoramento genético do plantel da propriedade, que, entre outros objetivos, há mais de 40 anos, prioriza precocidade sexual, fertilidade e habilidade materna, três das características de maior impacto econômico na pecuária nacional.

Precocidade sexual
A seleção para tal atributo impacta profundamente a produtividade de uma fazenda. Uma novilha capaz de ciclar aos 16 meses de idade, por exemplo, tem sua primeira cria em torno de 24 meses, bem inferior à média nacional de 36 meses, permitindo antecipar em um ano o retorno econômico do investimento. Outro benefício gerado por uma matriz com essa qualidade é permitir o ajuste da produção para o nascimento de um bezerro por ano, uma exigência da pecuária moderna.

Já se emprenhassem aos 18 ou 20 meses o ganho seria menor comparado ao de uma prenhez aos 16 meses, mas ainda assim muito satisfatório perante a realidade atual. Utilizar touros e vacas selecionadas para precocidade sexual não significa apenas fêmeas emprenhando mais cedo, mas também que todas as vacas de reposição estarão sexualmente ativas ainda no início da estação de monta. “As novilhas apartadas para o Leilão Safra Antecipada foram selecionadas com essa filosofia e são capazes de gerar bons ganhos aos pecuaristas voltados a resultados”, afirma Bento Mineiro.

Fertilidade e Habilidade materna
Assim como ocorre com a precocidade sexual, fertilidade e habilidade materna são qualidades essenciais quando o assunto é melhorar a eficiência produtiva e o capital de giro da fazenda. A primeira porque o bezerro tem que nascer saudável e a segunda porque precisa desmamar pesado, fatores que podem ser melhorados através do uso de touros com DEPS (diferenças esperadas na progênie) positivas. “E são exatamente esses diferenciais que estamos levando para o leilão”, complementa Bento Mineiro.

Além deste remate, as Fazendas Sant’Anna planejam um novo leilão de fêmeas, ainda no primeiro semestre, no mês de junho. Estes dois remates são parte de uma estratégia maior dos promotores, de maximizar a venda de matrizes e reprodutores jovens, buscando disponibilizar ao mercado o que tem de mais atual da genética Sant’Anna. Com essa nova estratégia o tradicional leilão anual de touros, que está em sua 28ª edição e ocorre no segundo semestre, fica reservado para a venda de touros mais erados, com idade média de três anos.

Lojão 10 em Venceslau e Epitácio


Descubra a melhor maneira de utilizar o FGTS

Consultor financeiro dá dicas de como utilizar o dinheiro de forma consciente e benéfica para seu bolso

Consultor financeiro Dori Boucult 
O presidente Michel Temer liberou, no último mês, o saque do FGTS de contas inativas. O anuncio animou muitos brasileiros que estavam precisando do dinheiro, mas, qual a forma correta de utilizar essa nova renda? Para auxiliar os consumidores no uso adequado dessa ajuda do FGTS, o consultor financeiro e advogado especialista em direitos do consumidor e do fornecedor, Dori Boucault, preparou um guia, mostrando quais as melhores maneiras de utilizar a renda.

“Primeiro, é extremamente importante saber em quais situações você pode retirar seu FGTS. Geralmente esse recurso serve para dar um suporte financeiro para o consumidor. Ele só pode ser sacado em causas especiais como aposentadoria, morte, compra, reforma ou construção de imóveis e, na situação atual, quem pediu as contas no emprego até o final de 2015”, esclarece.
Quando se trata de finanças pessoais ou orçamento doméstico, a preocupação da população é geral. “Nesses casos é sempre muito importante se manter organizado para ter uma vida mais tranquila”, comenta Dori.

Muitas pessoas utilizam o benefício do FGTS de forma descontrolada e sem planejamento. Para não cair em armadilhas, veja quais as melhores formas de utilizar a nova renda:

1. Dívidas: se você se desorganizou com dívidas, o dinheiro do FGTS pode ser utilizado para uma renegociação que dará uma folga no seu orçamento. No caso de dividas no cheque especial ou em cartão de credito, tente o mais rápido possível quita-las, pois elas possuem os juros mais altos do mercado. "Negocie com as instituições credoras, com dinheiro na mão você pode conseguir um belo de um abatimento”, instrui o consultor.

Dori ainda lembra que é muito importante que não se aceite a oferta inicial feita na renegociação. “Não aceite a primeira proposta. Veja se é possível liquidar ou parcelar em valores fixos para você ter o controle da situação”, destaca o consultor financeiro.

Muitas vezes, o valor recebido do FGTS não será suficiente para a quitação das dividas, por isso não faça grandes empréstimos. “Se fizer isso você trocará seis por meia dúzia ou ficará em uma situação pior. Uma das opções para completar o pagamento, desde que não seja a longo prazo, é o empréstimo consignado, que porta juros bem menores em relação ao cartão de credito ou cheque especial”, completa o especialista.

2. Reserva para emergências: se está com as contas no azul e recebeu um dinheiro extra, como é o FGTS, uma dica extremamente importante nessa época atual de incertezas e desempregos é manter uma reserva de emergência. "Ela deve ser feita com um prazo de 3 a 6 meses do seu orçamento mensal para qualquer eventualidade, pois nós nunca sabemos o dia de amanhã. Então é importante estarpreparado”, recomenda o advogado. Essa reserva servirá de auxilio, caso seja demitido ou estiver desempregado e não tiver em vista um emprego de imediato. “Aplique o dinheiro em algo com muita liquidez, como poupança ou outro que tenha a liquidez rápida. O ideal seria usar apenas o rendimento para pagar as despesas fixas”, aconselha Dori.

3. Imóveis: uma das mais famosas finalidades de utilização do FGTS é na compra ou reforma de imóveis Nesse caso, pense muito bem sobre o assunto para você não entrar em uma divida de longo prazo. Você pode utilizar como entrada do imóvel, mas lembre-se que a compra de imóveis sempre apresenta um risco. "Tenha sabedoria e consciência de que, se estiver empregado, existe o risco de perder o emprego e você não terá uma reserva. Para a compra de um imóvel recomendo que se tenha uma estabilidade financeira ou um emprego que não apresente riscos”, alerta o consultor.

O FGTS também pode ser utilizado para pagar prestações ou quitar um imóvel. O uso desse fundo pode ser uma boa saída, desde que obedeça aos limites e não os ultrapasse. 

Outro caminho é utilizar o FGTS para construir, reformar ou ampliar o imóvel. “Procure saber as linhas de crédito e os instrumentos necessários. Com isso você pode usar esse valor para melhorar o imóvel existente”, orienta.

4. Reserva de longo prazo: Outra forma de utilização da renda extra é aplicar o valor com objetivo de criar uma reserva de longo prazo. “Coloque a aplicação em título de renda fixa que garante ganho acima da poupança. Existem diversas opções no mercado. Converse com gerentes ou funcionários para buscar taxas de administração vantajosas. Pode ser um reforço para a futura aposentadoria”, finaliza Dori.

Mais sobre Dori Boucault
Consultor de relação de consumo e advogado especialista em direito do consumidor e fornecedor, Dori Boucault, é um dos profissionais mais requisitados para palestras e seminários sobre o assunto. Em suas palestras e seminários, fala com desenvoltura sobre assuntos espinhosos que, por vezes, se tornam uma dor de cabeça para consumidores e fornecedores. Entre suas especialidades está a educação financeira, que auxilia o consumidor a controlar seus recursos. Dori possui uma forma irreverente de explicar os direitos e deveres de ambas as partes – cliente final e fornecedor – de forma didática, leve e descontraída. Para saber mais sobre Dori acesse www.doriboucault.com.br.

Seja vc também uma das "feras" do Escoteco


Prefeitura reforça notificações de limpeza em terrenos

Proprietários que não fizerem limpeza
dentro do prazo poderão ser multados
(Foto: Cedida/Prefeitura)
Em continuidade ao programa de limpeza de terrenos, o Setor de Fiscalização da Secretaria de Obras e Serviços da Prefeitura Municipal de Presidente Venceslau continua notificando por edital e pessoalmente os proprietários de terrenos que precisam passar por limpeza.

Os proprietários de terrenos (com ou sem melhoramentos), no perímetro urbano, dentro do prazo de 15 (quinze) dias contínuos, devem proceder devida limpeza e recolher a sujeira ao aterro sanitário.

O procedimento é com base no artigo 317, do Código de Obras do Município. O não atendimento da notificação dentro do prazo previsto implicará na execução do serviço pela Divisão de Obras, com multa e a cobrança de preço público equivalente ao metro quadrado, sendo que, em caso de reincidência, a multa será cominada em dobro.

O valor da multa é de 50 UFMs (UNIDADE FISCAL DO MUNICIPIO) e o valor da roçada em vigência é de 0,1500 UFM por metro quadrado , conforme Decreto N° 4.926 de 15 de abril de 2002 do Art. 2°.

A comunicação por edital ocorre em razão de não terem sido encontrados os proprietários para notificação pessoal. O setor informa ainda a limpeza de calçadas e meio fio de guias, conforme o Código de Posturas, é de responsabilidade do inquilino ou proprietário.
 (AI)

Fim de semana especial na Quitanda do Mário


Idoso é preso por receptação de motocicleta em assentamento da região

Veículo foi recuperado e devolvido ao dono
(Foto: Cedida/Polícia Civil)
Um idoso de 68 anos foi preso, nesta quarta-feira (18), por receptação de uma motocicleta, objeto de furto, na cidade de Mirante do Paranapanema.

Conforme informações da Polícia Civil, o homem foi encontrado em uma residência no Assentamento Arco Íris, zona rural do município, e no local foi encontrada o veículo, uma Honda CG Titan com placas daquela cidade. O furto da motocicleta foi registrado no dia 15 de janeiro.

Após apreensão do veículo, o mesmo foi restituído ao dono. Diante da ocorrência, o delegado de polícia arbitrou fiança no valor de R$ 1.880,00 ao idoso, que ratificou o pagamento e foi colocado em liberdade.

Promoção especial de suplementos na Venceslau Farma


Fechamento de ambulatório é surpresa para prefeitura de Epitácio

Prefeita Cássia Furlan (Foto:AI)
A prefeitura de Presidente Epitácio foi pega de surpresa na terça-feira (16) com a informação de que o ambulatório da Santa Casa não estaria mais realizando atendimentos aos munícipes em função da falta de repasse por parte do poder público.

Segundo a prefeita Cássia Furlan a mesma vem cumprindo o acordo firmado em reunião no gabinete, na presença da mesa diretora da entidade, prefeita, secretários Municipais, vereadores da Câmara e corpo jurídico destes órgãos, onde ficou definido que a prefeitura repassaria o valor de R$ 1,2 milhão em três parcelas de R$ 400 mil referente aos meses de janeiro, fevereiro e março do ano corrente.

Os valores são do Plano de Trabalho apresentado pela Entidade e aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde no final do exercício 2016, onde prevê, inclusive, a prestação dos serviços de “ambulatório” pela entidade conveniada, sendo que o valor de janeiro de 2017 na importância de R$ 400 mil seria dividido em duas parcelas, uma delas já repassada no dia 16 e o restante a quantia de R$ 150 mil prevista para o dia 27.

Portanto, a prefeitura de Presidente Epitácio, em razão dos fatos acima, e o compromisso assumido, e, principalmente, em respeito à população epitaciana e aos turistas que frequentam a nossa cidade, que necessitam dos serviços de saúde, aos quais deveriam estar sendo prestados pela Santa Casa, irá solicitar que a mesma tome as medidas necessárias para fins restabelecer os serviços de “ambulatório”. E assim regularizar a execução dos serviços conveniados, em total cumprimento ao Plano de Trabalho apresentado pela entidade e devidamente aprovado pelo Conselho Municipal da Saúde, o qual deu ensejo à autorização do repasse pela Câmara Municipal de Presidente Epitácio, nos termos da nº 2.671/2017, de 12 de janeiro de 2017, garantindo assim a manutenção dos compromissos assumidos entre a Entidade conveniada e o Poder Público Municipal.
 (AI)

Mega Saldão das Fábricas em a+Calçados de Venceslau


Sucen de PV abre processo seletivo para contratação de sete profissionais

A Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) de Presidente Venceslau abriu, nesta terça-feira (17), inscrições para o processo seletivo simplificado visando a contratação de seis Desinsetizadores e um Auxiliar Administrativo.

O interessado deve realizar a inscrição o dia 31 de janeiro. O tempo do contrato será de um ano e para ocupar os cargos o candidato deve possuir o Ensino Médio completo.

As inscrições devem ser feitas somente pela internet no endereço eletrônico www.sucen.sp.gov.br com taxa a ser paga no Banco do Brasil em deposito bancário no valor de R$ 55,15. No dia da prova, será exigida a apresentação do comprovante de pagamento.

Biju da Chica e Cerâmica H. Pereira


Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br