terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Rebelião: grande parte das lojas do Centro de Bauru fecharam às 12h

Várias lojas do Centro fecharam durante a manhã desta terça

A administração do Poupatempo baixou as portas principais,
mas retomou o atendimento às 14h 
O assunto é um só em Bauru: a rebelião de reeducandos do antigo Instituto Penal Agrícola, atual Centro de Progressão Penitenciária(CPP) 3. Por volta de 12h, o centro da cidade tinha 60% a 70% das lojas fechadas e funcionários dispensados.

A tensão e medo predominavam entre lojistas, comerciários e clientes, todos procurando por mais informações e, principalmente, querendo saber a real dimensão dos fatos e dos boatos. Principalmente se corriam riscos de ser abordados por foragidos nas ruas.

O mesmo cenário predominava nos pontos de ônibus, lotados. O proprietário de uma banca de jornais disse ao JCnet que não se lembra de ter visto algo parecido na região central. Mas manteria seu estabelecimento aberto.

No setor público, União, Estado e Município adotaram providências de cautela e algumas unidades e serviços também fecharam. Muitos pais não enviaram os filhos às escolas.

O administração do Poupatempo em Bauru fechou a porta principal da instituição e estava atendendo pela garagem. Às 14h, o atendimento voltou ao normal.  (Fonte: Jornal de Bauru)

Antigo IPA registra rebelião e fuga de reeducandos nesta terça em Bauru

Tensão tomou conta da cidade após conflito iniciado por conta de apreensão de celular

Imagens aéreas mostram a destruição no Centro de Progressão
Penitenciária (CPP) 3, o antigo IPA

Imagem aérea do Centro de Progressão Penitenciária 3 em chamas após
 a rebelião registrada nesta terça-feira: tensão tomou conta de toda a cidade

Imagens aéreas mostram a destruição no Centro de Progressão
 Penitenciária (CPP) 3, o antigo IPA (Fotos: Aceituno Jr.)
O antigo Instituto Penal Agrícola (IPA) de Bauru registrou rebelião e fuga de 80 a 100 de seus 1.430 reeducandos, durante a manhã desta terça-feira (24-1), segundo a Polícia Militar. Capacidade oficial é de 1.124, segundo a Secretaria das Administração Penitenciária (SAP). 

Setenta e nove foragidos já teriam sido recapturados até o início desta tarde, estima a PM. Até 200 podem ter escapado. Um fugitivo teria se ferido com gravidade. Não há mortos. 

O atual Centro de Progressão Penitenciária 3 (CPP-3) "Prof. Noé Azevedo" de Bauru está localizado no km 349 da rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294) - Bauru-Marília. Viaturas da PM estão por todo o local, assim como o helicóptero Águia da corporação.

O tenente coronel Flavio Kitazume (comandante do 4.o Batalhão de Polícia Militar) disse que a situação dentro da unidade está controlada e que a rebelião é caso isolado (ou seja, não há outras unidades prisionais nesta condição na região).

Ele destacou, ainda, que foram acionadas as forças policiais da região para apoio na recaptura dos foragidos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os internos colocaram fogo no setor de alojamentos do CPP-3 e o incêndio que começou a se espalhar pelo prédio. Os bombeiros estão no local para combater as chamas. Os três pavilhões chegaram a ser atingidos.

Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos do Sistema Penitenciário Paulista (Sindcop), o motim teria começado depois que um agente viu um preso usando um telefone celular e tentou apreender o aparelho. Os outros presos da ala se revoltaram. 

Há a informação de que empresas das imediações (Distrito Industrial 3) fecharam as portas.

Algumas lojas do Centro da cidade também começaram a fechar.

A Câmara de Vereadores de Bauru está fechada desde às 11h por ordem do presidente Alexssandro Bussola (PDT) devido à falta de segurança.

A Prefeitura também fechou as portas por prevenção e retoma atendimento ao público a partir das 14h.

Os shoppings de Bauru seguem abertos, mas com alerta reforçado em segurança. Até porque alguns detentos, nas ruas, fizeram ameaças a quem encontravam pela frente. O Poupatempo fechou as portas. Escolas municipais remanejaram funcionários para outras unidades.

A maioria dos detentos cumpre pena por crimes relacionados ao tráfico de drogas, mas também há condenados por homicídio, roubo e furto.

O CPP-3 é uma das 136 unidades prisionais e um dos 15 centros de progressão penitenciária do Estado. Bauru ainda conta com outros dois CPPs e um Centro de Detenção Provisória (CDP).

Lojão 10 em Presidente Venceslau e Presidente Epitácio


Por Dentro da TV

Gêmeos
Bruno Mazzeo (foto), que interpreta o professor Raimundo na “Escolinha do Professor Raimundo”, será papai novamente. Segundo informações do jornal “O Globo”, a diretora e namorada do ator, Joana Jabace (foto), está gravida de gêmeos. Bruno e Joana assumiram o relacionamento em 2012 e os dois trabalharam juntos pela primeira vez em “A Regra do Jogo”, novela da Globo.

Infarto
O ator Felipe Titto, 30 anos, deixou na manhã de ontem a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital São Luiz, em São Paulo. Titto, que sofreu um infarto anteontem, passará agora por uma bateria de exames antes de deixar a unidade médica. Segundo a assessoria do hospital, ele aguarda em um quarto. O ator usou o Snapchat para tranquilizar os fãs e afirmou ainda que existe a suspeita de o infarto ter sido ocasionado por um surto de estresse ou por dengue.

Adiada
Segundo a coluna do jornalista Flávio Ricco, “Carcereiros”, com Rodrigo Lombardi e dirigida por José Eduardo Belmonte, foi adiada. A previsão era que estreasse na próxima quinta-feira, mas a série deve entrar agora somente no segundo semestre. Um dos motivos é a violência que tem ocorrido nos presídios do País.

Traição
Em entrevista para a “Veja”, Zezé Di Camargo voltou a fazer declarações polêmicas. O cantor sertanejo revelou que já contratou um detetive para saber quem era Graciele Lacerda, a mulher por quem tinha se apaixonado, sua atual namorada. Ele disse ainda que traiu a ex-mulher, Zilu, várias vezes. “Quando ‘É o Amor’ entrou no topo das paradas, todas as mulheres com quem sonhei passaram a dar bola pra mim. E, é claro, saí com algumas delas”, disse.

Vinho
Neymar registrou em sua rede social mais um momento com a atriz Bruna Marquezine (foto). O jogador apareceu, no início da noite de ontem, em uma foto sem camisa, tomando vinho com a amada e com sua irmã, Rafaella Santos . Segundo o site “Ego”, o vinho espanhol que aparece na foto do jogador é avaliado em R$ 4 mil.

Desculpas
Luciana Gimenez escreveu, há alguns anos, uma carta a Jerry Hall se desculpando por ter engravidado do astro Mick Jagger, então marido da ex-modelo americana. A revelação foi feita em entrevista ao tabloide britânico “Daily Mail”, o mesmo que há cerca de um ano a chamou de “destruidora de lares” em uma reportagem. “Sabe, escrevi por favor, me perdoe, mas ela nunca respondeu. Eu também não esperava que respondesse, mas queria que ela soubesse que eu sentia muito”, contou. Luciana afirmou que hoje se sente mais madura e, casada - com Marcelo de Carvalho, sócio da RedeTV! -, detestaria se algo semelhante lhe ocorresse. 

“Grávida”
Tatá Wernek , ao ser flagrada com o cantor Tiago Iorc indo ao cinema, “ficou grávida”. A atriz já tinha avisado que, se os boatos de um suposto affair entre o casal não parassem, ela mesma iria criar notícias falsas. E foi o que fez ao improvisar uma barriga.

Tudo bem
Na última semana, surgiram boatos de que Lexa e Mc Guimê tinham terminado o noivado, mas aparentemente a crise entre o casal acabou. A cantora publicou uma foto com o músico e se declarou para ele ontem. Ela também fez questão de esclarecer que agora está tudo bem entre os dois.

Curso técnico em agronegócio no Colégio São Paulo


Euclides da Cunha Paulista decreta estado de emergência financeira

Prefeitura afirma que há um déficit de mais de R$ 4 milhões. Objetivo do decreto é reorganizar a máquina administrativa

Prefeito de Euclides da Cunha Paulista, Christian Fuziki Ikeda (PSD),
decretou estado de emergência econômico-financeira
(Foto: Prefeitura de Euclides da Cunha Paulista/Cedida)
A Prefeitura de Euclides da Cunha Paulista decretou estado de emergência econômico-financeira. De acordo com o Executivo, foi apurado que há, até o momento, um déficit que "ultrapassa R$ 4 milhões" e que não existe disponibilidade de caixa suficiente para o pagamento da segunda parcela do 13º salário aos servidores municipais. O decreto nº 1270/2017 ainda impõe uma série de recomendações para "reorganizar a máquina administrativa".

As considerações feitas pelo prefeito Christian Fuziki Ikeda (PSD) reforçam a falta de verba para quitar a última parcela do 13º salário, "vez que referidas despesas e seus encargos ultrapassam a disponibilidade de caixa" e que as despesas com servidores públicos representam a maior parcela de comprometimento do orçamento municipal.

O prefeito pontua que o "déficit financeiro ultrapassa R$ 4 milhões, quantia que em sua maioria deverá ser suportada e comprometerá o orçamento vigente". O decreto ainda traz que existem débitos com a Caixa Econômica Federal, empresa que trata do benefício de alimentação, além de dívidas de precatórios de pequeno valor e também com parcelamentos firmados com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo em relação aos precatórios com as concessionárias de energia elétrica e de saneamento básico, "causando ainda mais comprometimento do orçamento".

Outro ponto citado é de que a maior parte da frota, especialmente ambulâncias, maquinários e veículos, cuja circulação é imprescindível ao atendimento do interesse público, "está quebrada e sem condições de uso".

Por fim, Ikeda salienta que não há planejamento em relação às férias e outros direitos que igualmente oneram os cofres públicos e que é imprescindível realizar uma "força-tarefa" para reorganizar a máquina administrativa, finanças e serviços prestados à população.

Dessa forma, o prefeito decreta o estado de emergência econômino-financeira determinando ações como proibição da compra de dez dias de férias, adiantamento de 1/3 de férias, pagamento de horas extras e contratação de estagiários, entre outras determinações de atribuição e competências da Diretoria de Recursos Humanos.

Já para a Secretaria Municipal da Fazenda é pedido para que sejam concentrados esforços, "priorizando-se o pagamento dos vencimentos dos servidores públicos municipais, obrigações em atraso ou prestes a vencer".

Em relação a todas as secretarias e estruturas que compõem a administração municipal, o prefeito pede para que seja feito um levantamento sobre a situação de cada setor, inclusive com a adoção de medidas para a diminuição no uso de materiais de consumo, telefonia, energia elétrica e veículos, entre outros.

O decreto autoriza o empréstimo provisório de materiais e de servidores, "objetivando cobrir necessidades ainda maiores identificadas em setores diversos e que estejam em situação ainda mais crítica".

Ikeda esclarece que compete a cada agente público, efetivo ou comissionado, "acompanhar o efetivo cumprimento" do decreto, que entrou em vigor em sua publicação, feita neste domingo (22).  (Fonte: G1 Pres. Prudente)

Grana Cred / Banco BMG - Crédito Consignado INSS


Empresa planeja começar em fevereiro estudo sobre petróleo

Atividade não se trata de exploração ou criação de poços. Ações envolverão, pelo menos, sete cidades do Oeste Paulista

Estudo foi apresentado a prefeitos da reegião durante reunião em Venceslau
 (Foto: Prefeitura de Presidente Venceslau/Divulgação)
Representantes do Oeste Paulista acompanharão uma pesquisa realizada na região, que visa levantar dados sobre o subsolo, no intuito de identificar pontos nos quais podem haver jazidas de petróleo. As atividades estão previstas para começarem em fevereiro. Uma reunião na Prefeitura de Presidente Venceslau foi realizada nesta segunda-feira (23). Participaram prefeitos e integrantes da empresa Wellfield Serviços Geofísico do Brasil Ltda. O trabalho é realizado unicamente como pesquisa e não se trata de exploração ou abertura de poços.

Há blocos demarcados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), que indicam a probabilidade de existência de petróleo na região. Com isso, a empresa realizará a pesquisa para identificar a formação de hidrocarboneto e levantar dados sobres possíveis locais. Após, as informações são vendidas para empresas que tenham interesse em explorar determinado ponto. A base de apoio da empresa foi instalada em Presidente Venceslau.

Os trabalhos de campo deverão ter início em fevereiro. Entre os equipamentos utilizados, estão os sismógrafos, que registrarão os dados do subsolo pesquisado. A área em análise abrange cidades como Presidente Venceslau, Caiuá, Piquerobi, Santo Anastácio, Ribeirão dos Índios, Emilianópolis e Mirante do Paranapanema.

Reunião
No encontro, foi exposto pela empresa como é realizada a exploração sísmica, bem como todos os dados relacionados ao estudo e o objetivo final do trabalho. Os representantes esclareceram que o trabalho é executado com equipamentos de precisão e de alta tecnologia, com o objetivo de mitigar ou zerar a ocorrência de danos aos bens particulares, razão pela qual estão sendo realizadas vistorias antes e depois nos imóveis urbanos e na zona rural.

Também foi colocado que o trabalho gerará mão de obra nas cidades da região e esperam que o estudo inicial resulte num projeto maior (geofísico), que seria conduzido por outras empresas que, eventualmente, poderão construir poços para prospecção de petróleo. A empresa assegura que os abalos sísmicos são moderados de modo a não provocar danos.

Nas áreas urbanas serão colocados sensores de modo que não danifique o pavimento das vias públicas, havendo a recomposição do estado anterior com eliminação de numeração e eventuais pequenas fissuras. A empresa explicou que a aquisição sísmica é usada para definir a forma e distribuição das camadas interiores do subsolo. Método utilizado para definição de estruturas de potencial de acumulação hidrocarbonetos (petróleo e gás), onde se confirma se há ou não petróleo.

As atividades de vibração ocorrerão, em sua maioria, nas estradas rurais. Durante as operações de vibração em estradas, a Wellfield disponibilizará escolta (batedores) para aumentar a segurança e orientar o tráfego de veículos. As atividades de vibração não causam danos ao solo, à fauna e flora.

Compromissos
Na reunião, a empresa ainda apresentou as licenças para que as atividades possam ser realizadas. Os documentos foram expedidos pelos órgãos competentes, como Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e Agência Nacional do Petróleo (ANP). A Wellfield se comprometeu com a sustentabilidade e meio ambiente, com respeito à fauna e flora, com o não corte de árvores, que resíduos e afluentes serão destinados corretamente, com o incentivo à coleta seletiva e com o respeito à cultura e costumes da comunidade do local.

Também houve comprometimento de que a técnica utilizada e a responsabilidade estão asseguradas e que não haverá danos a particulares.

O prefeito Jorge Duran, de Presidente Venceslau, sugeriu que, na execução das obras, um agente público de cada município acompanhe o serviço. O representante da empresa, Paulino Stedile, concordou com a sugestão e foi deliberado que um técnico de cada município acompanhará a execução e a recomposição de buracos e/ou outras consequências oriundas das ações para a realização do estudo.

Duran ressaltou que a finalidade da empresa é petróleo e não gás de xisto, como se chegou a ventilar através de boatos.

A empresa acrescentou que já fez esclarecimento inclusive ao Comitê de Bacias Hidrográficas do Pontal do Paranapanema. Também salientou que a exploração de gás de xisto tem vedações legais e, portanto, não há correlação do estudo ora realizado com essa exploração ilegal de gás de xisto.

A reunião foi realizada no gabinete do prefeito venceslauense e contou com a presença dos prefeitos José Amauri Lenzoni, de Ribeirão dos Índios, Roberto Volpi e seu vice-prefeito Franklin Ferreira Sanches, de Santo Anastácio, Valdir Aparecido Lopes e seu vice-prefeito Augusto de Brito, de Piquerobi, e Ailton Cesar Herling, de Teodoro Sampaio.

Além dos prefeitos, participaram da reunião os representantes da empresa Wellfield Serviços Geofísico do Brasil Ltda., Márcio Matuoka e Guilherme Betoni, da Topografia, Paulino Stedile, Chefe de Equipe, e Sanderson Marinelli Júnior, coordenador de Permissão.

Mega Saldão das Fábricas em a+Calçados


Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br