sexta-feira, 9 de junho de 2017

LFG Preparação que Transforma


Hidrelétrica de Porto Primavera inicia primeiros testes com geradores de energia eólica no Estado de São Paulo

Torres possuem 30 metros de altura e pás de 10 metros de comprimento
 (Foto: Secretaria de Energia e Mineração/Divulgação)

Cada aerogerador tem capacidade para gerar 100 quilowatts (kW)
 (Foto: Secretaria Estadual de Energia e Mineração/Divulgação)
Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, o governo do Estado de São Paulo iniciou nesta sexta-feira (9) a fase de testes dos dois primeiros geradores de energia eólica do Estado instalados na área da usina hidrelétrica de Porto Primavera, localizada no município de Rosana, na região de Presidente Prudente. 

Cada aerogerador tem capacidade para gerar 100 quilowatts (kW). As torres, que possuem 30 metros de altura e pás de 10 metros de comprimento, fazem parte de um projeto que vem sendo desenvolvido pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp), com o apoio da Secretaria Estadual de Energia e Mineração. 

“São Paulo conta com uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo e a entrada em operação dessas torres eólicas darão ao governo paulista novos estudos e informações sobre o comportamento dessa energia no Estado, o que possibilitará incentivarmos sua expansão de maneira mais efetiva”, disse o secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles. 

Os geradores eólicos fazem parte de um amplo projeto de pesquisa e desenvolvimento dentro do programa de pesquisa e desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e visam a estudar a complementaridade energética das fontes solar, eólica e hidráulica. 

A fase de testes elétricos e mecânicos deve durar aproximadamente 20 dias. Os geradores eólicos produzirão cerca de 620 megawatts-hora (MWh) por ano e essa energia elétrica será utilizada no consumo interno da usina de Porto Primavera, que fica instalada no Rio Paraná, na divisa entre os estados de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. 

“A implantação de centrais fotovoltaicas e eólicas junto a usinas hidrelétricas existentes apresenta vantagens devido ao espaço físico e infraestrutura de transmissão no local, o que pode propiciar uma redução significativa no custo da energia gerada”, explicou o subsecretário de Energias Renováveis, Antonio Celso de Abreu Júnior. 

Nesse conjunto, o reservatório da usina hidrelétrica é utilizado para estabilizar a produção das centrais solar e eólica. 

Ao todo, o projeto de uso complementar das energias solar e eólica à energia hidrelétrica possui 54 meses de duração e sua conclusão está prevista para agosto de 2018 com um custo estimado de R$ 31 milhões, contabilizando o projeto de pesquisa, compra dos equipamentos, instalação e manutenção. Apenas o projeto eólico representa R$ 8,3 milhões do valor total. 

Além das usinas solares e eólicas, estão em funcionamento uma estação solarimétrica e uma estação anemométrica que completam o projeto de P&D. 

Usinas solares 
Dentro do projeto de pesquisa e desenvolvimento, foi iniciada na área da usina de Porto Primavera, no final de 2016, a operação da primeira usina fotovoltaica do Brasil a utilizar a tecnologia de placas flexíveis e rígidas em sistema flutuante. 

O projeto, iniciado em maio de 2014, recebeu investimento de R$ 23 milhões da Cesp e consiste na instalação de duas plantas com painéis solares rígidos de 250 quilowatts (kW) em terra e 25 kW em sistema flutuante, e outras duas plantas com painéis solares flexíveis com 250 kW em terra e 25 kW em sistemas flutuantes. 

Potencial 
O Estado de São Paulo tem um potencial de aproximadamente 13 mil GWh, tendo um fator de capacidade médio de 31,3%. 

Os valores foram calculados a uma altura de 100 metros, considerando restrições pertinentes e velocidades de vento acima de 6,5 metros por segundo, ocupando uma área de 1.134 Km². Se forem consideradas todas as áreas com velocidades acima de 6 metros por segundo, esse potencial de geração subiria para cerca de 72 mil GWh, com fator de capacidade médio de 26,6%. 
(G1 Prudente) 

Colégio São Paulo


Equipes de futebol sub-10 e 12 de Epitácio participaram do Campeonato Regional de Futebol do Presidente Prudente FC

Equipe sub 10, Derepe Pres. Epitácio

Equipe sub 10, Epitácio Areial

Equipe sub 12, Derepe Pres. Epitácio

Equipe sb 12, Epitácio Areial (Fotos: cedidas / A.I. Prefeitura)

No domingo, dia 4, foi realizada a 3ª rodada da 1ª fase do “15º Campeonato Regional de Futebol do Presidente Prudente Futebol Clube”, versão 2017.

As partidas de futebol sub-10 e sub-12, entre Colégio São Paulo de Presidente Epitácio e o Presidente Prudente FC, no Campo “Fepasa”, foram realizadas em Presidente Epitácio.Às 9 horas a equipe de futebol sub-10 do Colégio São Paulo perdeu para o Presidente Prudente FC, pelo placar de 3x1. Em seguida, às 10 horas, o futebol sub-12 do Colégio São Paulo venceu o Presidente Prudente FC, pelo placar de 3x1.

Também no domingo, ocorreram partidas de futebol sub-10 e sub-12, entre Derepe x Areial, no Estádio Municipal “O Pirangueiro”, em Presidente Epitácio.Às 9 horas a equipe de futebol sub-10 da Derepe/Pres Epitácio perdeu para o Epitácio Areial/Pres Epitácio, pelo placar de 2x0. Em seguida, às 10 horas, o futebol sub-12 do Derepe/Pres Epitácio perdeu para o Epitácio Areial/Pres Epitácio, pelo placar de 7x0. 

Confira as classificações por categoria:
Sub-10: 1º Presidente Prudente Futebol Clube: 6 pontos, em 3 jogos e saldo - 4 / 2º Escolinha Meninos da Vila: 4 pontos, em 2 jogos e saldo 9 / 3º Epitácio Areial: 4 pontos, em 2 jogos e saldo 2 / 4º Derepe: 3 pontos, em 3 jogos e saldo -3 / 5º Colégio São Paulo: 0 ponto, em 2 jogos e saldo -4;

Sub-12: 1ºEpitácio Areial: 6 pontos, em 2 jogos e saldo 8 / 2º Colégio São Paulo: 6 pontos, em 2 jogos e saldo 6 / Escolinha Meninos da Vila: 3 pontos, em 2 jogos e saldo 0 / 4º Presidente Prudente FC: 3 pontos, em 3 jogos e saldo -2 / 5º Derepe: 0 ponto, em 3 jogos e saldo -12.

Os jogos da 4ª rodada serão realizados no domingo, dia 11:
As equipes sub-10 e sub-12 do Epitácio Areial de Presidente Epitácio enfrentarão as equipes do Presidente Prudente FC, no Centro de Treinamento do Presidente Prudente FC, em Presidente Prudente, à partir das 9 horas. Já as equipes sub-10 e sub-12 do Colégio São Paulo de Presidente Epitácio enfrentarão as equipes da Escolinha Meninos da Vila de Presidente Prudente, no Centro de Treinamento “Rei da Bola”, localizado à Rodovia Júlio Budiski Km 2, Bairro Aeroporto, em Presidente Prudente, à partir das 9 horas. E as equipes sub-10 e sub-12 da Derepe de Presidente Epitácio, descansarão nesta 4ª rodada.
(A.I. Prefeitura de Epitácio)

Banco BMG


Acidente entre caminhões mata motorista na Raposo Tavares


Acidente entre caminhões foi na Rodovia Raposo Tavares, em Rancharia 
(Fotos: Reprodução/TV Fronteira)
Um acidente envolvendo dois caminhões na manhã desta sexta-feira (9) na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Rancharia, causou a morte de um motorista de 25 anos. Duas pessoas foram socorridas em estado grave.

Segundo informações iniciais da Polícia Militar Rodoviária, a colisão foi por volta das 7h30 no km 498 da rodovia. A vítima fatal conduzia um caminhão com placas de Embu das Artes (SP).

No outro veículo, que pertence a uma usina, havia duas pessoas que foram encaminhadas em estado grave ao Pronto-socorro de Rancharia.

A rodovia precisou ser interditada no sentido capital-interior.

Estado de saúde
Uma das vítimas, um homem de 24 anos, está fora de risco e permanece em observação no Hospital de Rancharia. Outra vítima, que foi socorrida em estado grave, foi encaminhada para um hospital de Assis.
(G1 Prudente)

Ótica Nacional


Motorista perde o controle da direção e tomba carro no Centro de Presidente Prudente

Corpo de Bombeiros socorreu mulher no local do acidente
 (Foto: João Paulo da Silva Andrade/Cedida)
Uma mulher ficou levemente ferida após o tombamento de um carro, no Centro de Presidente Prudente, por volta das 17h desta quinta-feira (8). O acidente aconteceu na esquina entre as ruas Reverendo Coriolano e Tenente Nicolau Maffei.

Segundo o Corpo de Bombeiros, havia duas pessoas no veículo GM Corsa, mas apenas uma teve ferimentos e foi levada ao Pronto-socorro.

O auxiliar comercial João Paulo da Silva Andrade passava pelo local no momento do acidente. "Tinham duas mulheres no carro, que eram nora e sogra. A moça mais nova conseguiu sair do veículo, enquanto a outra foi retirada pelos bombeiros", disse.

A Polícia Militar informou ao G1 que o veículo tombou após bater em um outro carro que estava parado e perdeu o controle da direção.

A perícia foi acionada e compareceu no local.
(G1 Prudente)

Mês de Ofertas Pajé Motos


Prefeitura de PV decreta horário especial de atendimento a partir de segunda-feira

A Prefeitura Municipal de Presidente Venceslau comunicou por meio do decreto nº 050/2017 que a partir de segunda-feira, dia 12 de junho, o Paço Municipal e as secretarias vão funcionar em horário especial visando contenção de despesas. As únicas duas secretarias que não vão aderir o horário serão a Saúde e Educação e Cultura. 

O objetivo, segundo o decreto, é compatibilizar o equilíbrio econômico entre receitas e despesas do município. Ainda de acordo com o decreto, os serviços de natureza essencial, tais como, manutenção de serviços de saúde, educação, assistência social, limpeza pública, remoção de lixo, conservação do cemitério, parcelamento de dívidas junto aos órgãos governamentais INSS, precatórios, aperfeiçoamento, aprimoramento e melhorias no funcionamento e gerenciamento de toda a administração, contrapartida de convênios, previsão de décimo-terceiro salário, desde que devidamente justificadas pelo ordenador das despesas, por ocasião da emissão da requisição e nota de empenho não vão sofrer alterações.

Visando a redução de gastos com energia elétrica, telefone, combustível, manutenção de veículos e outros, o horário de expediente nas secretarias municipais ficará da seguinte maneira:

Paço Municipal - das 07:30 às 13:30 ininterruptamente
- Secretaria de Assistência Social (todos os setores) - das 07:30 às 13:30 ininterruptamente
- Secretaria de Obras (todos os setores) - 07:00 às 13:00 ininterruptamente. Demais setores carga horária de 06 horas diárias de acordo com cada necessidade. 
- Secretaria de Saneamento Básico - Administrativo das 07:30 às 13:30. Operacional será efetuada escala entre os servidores, a fim de manter normal o atendimento.
- Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente - Administrativo 07:00 às 13:00 ininterruptamente.
- Secretaria de Esportes - Administrativo 07:30 às 13:30, demais atividades a definir de acordo com cada necessidade.
- Procuradoria Jurídica - das 07:30 às 13:30 ininterruptamente
- Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação - por suas peculiaridades não sofrerão alterações nos seus horários de atendimento, porém viabilizarão ações visando diminuir despesas.
(A.I Prefeitura)

Scalon Presentes


Santa Casa chega a acordo e vai entregar Pronto Socorro para Prefeitura de PV

O secretário de finanças da prefeitura, Edson Prado, o prefeito
Jorge Duran, o provedor Reginaldo Beraldo, o tesoureiro da Santa
Casa Angelo Gerosa e o assessor técnico do hospital, Murilo César

Reunião foi realizada na Santa Casa com o prefeito 
Jorge Duran(Fotos: Cedidas/A.I)
Uma reunião realizada na tarde desta quinta-feira (08) entre o provedor da Santa Casa de Presidente Venceslau, Reginaldo Beraldo, e o prefeito municipal Jorge Duran, selou o acordo entre a Irmandade e a prefeitura municipal em torno do Pronto Socorro. De comum acordo entre as partes a Santa Casa vai entregar os serviços de pronto atendimento para o poder público municipal. A medida deve entrar em vigor dentro de 90 dias, e nesse período será feita a transição para o processo.

A decisão foi tomada após vencer no último dia 31 de maio a validade do contrato firmado entre a Irmandade da Santa Casa e o Munícipio referente ao atendimento pelo Pronto Socorro do hospital para a prestação de atendimento de urgência e emergência aos munícipes de Presidente Venceslau.

Nos últimos dias a direção executiva do hospital venceslauense iniciou as tratativas com a prefeitura municipal para viabilizar a renovação do acordo para prestação dos serviços. A Santa Casa apresentou proposta no valor de R$ 400 mil reais de forma mensal para realizar os serviços, no entanto, a prefeitura enviou contraposta de R$ 275 mil.

O valor do contrato que venceu no mês de maio era de R$ 325 mil reais por mês. “Fizemos uma minuciosa análise dos custos e apontamos a necessidade de aumentar o repasse para a renovação, porém, compreendemos o momento financeiro que o país atravessa e que compromete as finanças dos municípios. Desta forma, para não ficar oneroso para a Santa Casa e também para a prefeitura, entendemos que o Pronto Socorro poderá ser dirigido pela administração municipal que será responsável pelos atendimentos de urgência e emergência no local. A medida foi tomada de comum acordo”, disse Reginaldo Beraldo.

O provedor da Santa Casa afirma que o fato não altera a relação entre o hospital e a prefeitura. “Vamos manter nossas parcerias e pensar na melhor maneira de oferecer o atendimento adequado para a população que não terá prejuízos com a alteração administrativa do pronto atendimento”, falou Reginaldo.

Ele destaca que o hospital seguirá avançando e com o objetivo de completa reestruturação. “Vamos continuar investindo na qualidade de nosso atendimento tanto para pacientes do SUS (Sistema Único de saúde) como de convênios e particulares. A população poderá contar com toda nossa estrutura de UTI, médicos especialistas, farmácia, cirurgias entre outros serviços que temos. Em nenhum momento o usuário da Santa Casa será prejudicado, muito pelo contrário, vamos melhorar os serviços”, falou o provedor.

O prefeito Jorge Duran mostrou-se satisfeito com o posicionamento do hospital e agradeceu a parceria. “Tanto a Santa Casa quanto a Prefeitura Municipal vivem realidades financeiras que precisam ser respeitadas. No momento não conseguimos aumentar o valor do repasse, mas vamos manter as duas instituições alinhadas para oferecer o melhor atendimento possível para os pacientes”, afirmou Duran.

O prefeito e o provedor já trabalham para realizar a transição sem prejudicar os serviços no local. “O importante é que tanto a direção do hospital, quanto nós estamos pensando no resultado final que é a prestação de um serviço de qualidade para os pacientes em se tratando de urgência e emergência, e posso garantir que isso será feito da melhor maneira possível”, disse Duran.

Transição
O prazo para a prefeitura assumir o Pronto Socorro vence no próximo dia 08 de setembro. Nesse período serão feitas adequações na estrutura física e de funcionários do pronto atendimento.

A direção executiva da Santa Casa destaca que somente o Pronto Socorro terá alterações. “Estaremos recebendo normalmente os pacientes que tiverem necessidade de internação, cirurgias e outros atendimentos. Somente os serviços de urgência e emergência é que serão executados pela prefeitura, o restante é de inteira responsabilidade da Santa Casa. Essa medida já vem ocorrendo em diversos hospitais do país e a experiência é positiva, e esperamos que seja assim também em Presidente Venceslau”, explicou Reginaldo.

Pacientes de outras cidades
A direção da Santa Casa enviou comunicado para as prefeituras de Caiuá e Marabá Paulista que também terceirizam os serviços de Pronto Socorro no hospital venceslauense. Os municípios foram informados da mudança e também terão o prazo de 90 dias para se programarem quanto ao serviço.
(A.I / Santa Casa)

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br