quarta-feira, 5 de julho de 2017

Colégio São Paulo


Revista Foco traz matéria com a jornalista venceslauense Bruna Bachega

A décima edição da Revista Foco traz em seu conteúdo uma matéria com a venceslauense Bruna Bachega, que é destaque no jornalismo regional.

Na reportagem, ela conta sobre as diversas funções que desempenhou dentro da profissão e de onde surgiu a vontade de ser jornalista na TV, entre outros assuntos. “Quando eu era bem nova ganhei um daqueles radinhos que vinham com microfone. Aí vi que podia imitar as pessoas que admirava da TV”, diz.

Na época da faculdade, como estagiária, teve a oportunidade de passar por quase todas as áreas do jornalismo e, anos mais tarde, ao se formar, encarou o desafio de ir para Lucas do Rio Verde, no norte do Mato Grosso para realizar um sonho. “A equipe de lá acreditou muito em mim e sou eternamente grata a todos por isso”.

Filha de Cleiri Bachega de Carvalho, a repórter da TV Fronteira de Presidente Prudente, atua há nove anos na área da comunicação.

A matéria completa pode ser encontrada nas páginas, 14, 15 e 16 da Revista Foco e foi produzida por Gabriel Tibaldo.


(Portal Bueno)

Ótica Nacional


Oeste Paulista tem oportunidades em concursos com salários de até R$ 12 mil

A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo abriu inscrições para concurso que vai selecionar mais de 1,8 mil profissionais para o cargo de diretor de escola. No Oeste Paulista, as provas serão aplicadas nas cidades de Adamantina, Mirante do Paranapanema, Presidente Prudente e Santo Anastácio.

As inscrições custam R$ 82,73 e devem ser feitas pela internet até o dia 17 de julho. Os interessados precisam possuir licenciatura plena em pedagogia ou diploma de pós-graduação na área de educação. O salário-base oferecido é de R$ 2.840, mais gratificação, segundo o edital.

A Escola Técnica Estadual (Etec) de Dracena vai selecionar três professores para os ensinos médio e técnico. As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de agosto na sede da escola, que fica no km 653 da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), no Bairro das Antas.

A Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Presidente Prudente tem oportunidade para professor no curso de agronegócio. Interessados devem ir até a Fatec, localizada na Rua Terezinha, 75, na Vila Paulo Roberto.

O Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista (Ciop) prorrogou até o dia 9 de julho as inscrições do concurso que vai contratar 140 profissionais e também formar cadastro reserva. Os interessados devem possuir ensinos fundamental, médio, técnico e superior.

Os profissionais selecionados vão atuar na Cidade da Criança, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Guanabara, em Presidente Prudente, e nas cidades de Presidente Epitácio, Álvares Machado e Euclides da Cunha Paulista.

As inscrições devem ser feitas pela internet e variam entre R$ 35 e R$ 70. Os salários podem chegar até o valor de R$ 12 mil.

A Câmara Municipal de Panorama vai selecionar um procurador jurídico. Os interessados devem possuir ensino superior completo em Direito e possuir registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). As inscrições são feitas pela internet até o dia 9 de julho e custam R$ 80.

O procurador receberá um salário de R$ 3.655,81 para 20 horas de trabalho semanais.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea) abriu concurso para contratação e formação de cadastro reserva para profissionais de nível médio e superior. Na região, há opções para atuar em Adamantina, Osvaldo Cruz, Rosana, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau e Teodoro Sampaio.

As inscrições devem ser feitas pela internet até o dia 7 de julho e custam R$ 40 para nível médio e R$ 55 para o superior.

O Prefeitura de Nantes possui processo seletivo aberto para cadastro reserva de operador de máquinas. As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de julho pela internet.

O salário oferecido é de R$ 1.751,26, conforme o edital.

(G1 Prudente)

Banco BMG


Charge do Dia do Integração Regional News


LFG Preparação que transforma


Mulher encontrada morta em Campinas é velada e sepultada em Monte Castelo

Denise Neves, de 37 anos, foi morta em Campinas (SP) (Foto: Reprodução)





Corpo foi velado e sepultado em Monte Castelo, interior de São Paulo
 (Foto: Mariane Santos/TV Fronteira)
O corpo de Denise Neves dos Anjos, de 37 anos, foi sepultado na manhã desta quarta-feira (5) em Monte Castelo (SP), onde a família da vítima reside. Ela foi encontrada morta em Campinas (SP)e seu marido, de 46 anos, que também foi encontrado morto dentro de um carro, em Coroados (SP), é suspeito de ter cometido o crime. O Boletim de Ocorrência por homicídio simples foi registrado nesta segunda-feira (3), na Delegacia da Polícia Civil de Campinas.

O corpo chegou à cidade localizada no Oeste Paulista por volta das 2h desta quarta-feira (5) e foi sepultado às 9h no Cemitério Municipal de Monte Castelo.

Conforme o registro policial, a Polícia Militar foi acionada para comparecer ao endereço, em Campinas, onde a mulher estava em óbito no quarto. Seu corpo estava na cama, com as pernas e braços amarrados, e com uma lesão provocada por objeto cortante no pescoço.

Morto em carro

Durante a elaboração do registro policial, nesta segunda-feira (3), a Polícia Civil recebeu informações de que o averiguado, ou seja, o marido da vítima, havia sido encontrado morto no interior de um veículo, em Coroados (SP).

De acordo com informações da Delegacia da Polícia Civil de Birigui, o veículo estava estacionado em uma estrada rural, no Bairro Preto, a aproximadamente dois quilômetros da Rodovia Marechal Rondon, em Coroados, que fica a oito quilômetros de Birigui.

O corpo do homem não tinha marcas de violência aparentes e foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Araçatuba.

Ainda conforme o Boletim de Ocorrência, foi apurado que a vítima e o marido possuíam um “relacionamento difícil” e “conflituoso”.

O corpo de José Huilia da Silva foi sepultado na tarde desta terça-feira (4), no Cemitério Municipal da Consolação, em Birigui.

(Com informações de Mariana Gouveia, da TV Fronteira)

(G1 Prudente)

Barato da Quarta Farmais


Jovem de 22 anos é preso com cocaína em ônibus

Droga foi encontrada em bolsa de passageiro
(Foto: Cedida/PMR)
Um jovem, de 22 anos, foi preso por tráfico d drogas, na madrugada desta quarta-feira (5), no km 648 da Rodovia Raposo Tavares em Presidente Epitácio. Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o auto estava em um ônibus que fazia o itinerário Ponta Porã (MS) – São Paulo (SP) e com ele foram encontras 253 gramas de cocaína.

Ainda conforme a corporação, o coletivo foi abordado por volta das 5h25 e durante fiscalização no veículo, o passageiro em questão demonstrou nervosismo e respostas contraditórias quanto ao motivo de sua viagem, o que culminou busca em sua bagagem. Em uma bolsa de mão foi localizada o invólucro da droga.

Questionado sobre o entorpecente, o homem alegou que a adquiriu de uma pessoa desconhecida na cidade de Pedro Juan Caballero (PY) e que receberia R$ 1.000,00 em dinheiro para transportá-la até Presidente Prudente.
Diante das evidências, a ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Federal de Presidente Prudente. O autor foi recolhido à carceragem daquela delegacia para posteriormente ser encaminhado para unidade prisional.

(Portal Bueno)

Sicredi


PM captura homem condenado por matar policial civil de Rosana

Homem foi condenado a 24 anos de reclusão (Foto: Reprodução/
Polícia Militar/Cedida)

Polícia localizou dinheiro com o condenado, mas a quantia não ficou
 apreendida (Foto: Polícia Militar/Cedida)
Um homem de 63 anos, que foi condenado por matar um investigador da Polícia Civil de Rosana e que estava foragido, foi capturado nesta terça-feira (4) pela Polícia Militar no Centro de Presidente Prudente. Moacir Ferreira de Barros deverá cumprir a pena de 24 anos de reclusão, em regime inicial fechado, por homicídio qualificado e associação criminosa.

A Polícia Militar recebeu denúncias de que o autor de um homicídio praticado contra um policial civil de Rosana, que estava foragido em decorrência de tal crime, havia sido visto, na semana anterior, em um sobrado na área central de Presidente Prudente.

Com as informações, policiais da Força Tática seguiram até o endereço indicado para averiguação. No local, foi verificado que o imóvel abrigava uma “habitação coletiva”, sendo assim, a corporação realizou monitoramento do prédio.

Algum tempo depois, os militares avistaram um homem, em atitude suspeita, deixando o imóvel. Ele foi abordado e a corporação verificou que se tratava de Moacir, o condenado foragido. Com o indivíduo foi encontrada a quantia de R$ 2,5 mil.

Moacir responderá pelo artigo 121, §2º, I, IV e V, que é cometer homicídio: I – mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe; IV – à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido; e V – para assegurar a execução, a ocultação, a impunidade ou vantagem de outro crime.

Também consta que Moacir responderá pelo artigo 288, que configura a associação de três ou mais pessoas para o cometimento de crimes.

O homem foi conduzido à Delegacia Participativa da Polícia Civil de Presidente Prudente, onde permaneceu à disposição da Justiça. O dinheiro foi recolhido e deverá ser entregue a um familiar do condenado.

(G1 Prudente)

Lojas 10


Repórter de TV presa no litoral por suspeita de envolvimento com facção chega a SP

Luana Don 32 anos, presa em Ilhabela ontem (04) (Foto: Reprodução)

Luana Don foi presa em Ilhabela, no litoral de SP (Foto: Reprodução)

Luana Don chega à sede da Polícia Civil em São Paulo (Foto: Reprodução/
TV Globo)

Luana Don no momento da prisão e antes (Foto: Reprodução/TV Globo)
Chegou na tarde desta terça-feira (4) à capital paulista a jornalista e advogada Luana de Almeida Domingos, de 32 anos, presa nesta manhã no litoral paulista numa ação conjunta entre a Polícia Civil de São Paulo e a do Rio de Janeiro.

Luana Don, como a repórter de TV é conhecida profissionalmente, era procurada por suspeita de transmitir ordens do Primeiro Comando da Capital (PCC) para presos e membros que estavam nas ruas. A facção criminosa é conhecida por atuar fora e dentro dos presídios paulistas.

Ela possuía mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça por indícios de participação nos crimes de corrupção ativa e por integrar organização criminosa. Luana era procurada desde novembro de 2016, quando foi deflagrada a Operação Ethos, coordenada pelo Ministério Público (MP) de São Paulo.

A ação visava prender e combater advogados que comandavam esquema de pagamento de propina a agentes públicos e membros de direitos humanos para favorecer o PCC.

Luana, que também está sendo chamada por policiais de "musa do crime", estava sem trabalhar desde a operação policial. Ela foi presa nesta manhã em Ilhabela.
Luana era procurada por atuar como "pombo-correio" de facção
 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Segundo as investigações, a mulher atuava como "pombo-correio" da "sintonia dos gravatas", célula formada por advogados pagos pelo PCC para repassarem os planos criminosos da facção, "levando as ordens do comando para serem executadas fora das cadeias". A facção consegue dinheiro com o tráfico de drogas e assaltos.

Ela também teria passado informações para integrantes do PCC que atuam no Rio de Janeiro. Por esse motivo, a prisão dela foi feita em parceria com a Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) do Rio. O G1 não conseguiu localizar os advogados de Luana para comentar a prisão.

Quem acompanhou a prisão foi o Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade) da polícia paulista. É para a sede do departamento, anexa ao prédio da Polícia Civil, que Luana foi levada.

Segundo os policiais, Luana estava escondida numa casa na Rua Manoel Guerra do Amaral. A foto dela estava na lista dos mais procurados do site da Polícia Civil de São Paulo, que poderia oferecer recompensas de até R$ 50 mil que levassem até a prisão da mulher.

A jornalista e advogada já havia trabalhado entre 2012 e 2015 como repórter de uma rede de televisão em São Paulo.

(G1 Prudente)

PPB Corretora de Seguros



Obras mantêm tráfego de veículos proibido em Tupi Paulista

Trecho da SP-294 está interditado em Tupi Paulista (Foto: Reprodução/
TV Fronteira)
O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou ao G1 nesta terça-feira (4) que a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), na altura do km 668,9, em Tupi Paulista, “não está liberada para tráfego”. Trecho cedeu em decorrência de fortes chuvas e ainda recebe obras para reparos.

Em nota, o DER salientou que o trecho “está devidamente sinalizado” e “proíbe” o tráfego, “mas os usuários se arriscam passando pelo local de forma irregular”.

O término das obras tem prazo estimado até agosto. O governo estadual está investindo mais de R$ 1 milhão para que os serviços de reconstrução de plataforma, implantação de galeria de concreto, concretagem das alas de montante e aplicação de pavimento asfáltico sejam realizados, de acordo com o DER. “Além disso, a sinalização será refeita”, informou.

O desvio do tráfego deverá ser realizado pela vicinal Panorama – Ouro Verde que dá acesso à Rodovia Euclides De Oliveira Figueiredo (SP-563).

(G1 Prudente)

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Presidente Venceslau, Estado de São Paulo, Brazil
email: jornalintegracao@terra.com.br